Entender a lógica da planta de soja é fundamental para alcançar os 5.000 kg/ha, diz Dirceu Gassen

Publicado em 10/02/2017 11:49 e atualizado em 10/02/2017 15:33
11464 exibições
O Brasil vive uma média de produtividade de 3.000.kg por hectare. Mas em algumas áreas (manchas, talhões) já se consegue até 5.000 kg por hectare, quando o produtor ajuda a planta a expressar o máximo de seu potencial genético. O dr. Gassen alerta aos produtores realizarem manejo adequado na próxima safra visando alcançar um alto rendimento e enfrentar as quedas de preços no mercado.
Confira a entrevista de Dirceu Gassen - Engenheiro Agrônomo

Com o início da colheita da safra 2016/17, é momento de medir e entender os componentes de produção. Para isso, os agricultores devem entender a lógica da planta, de acordo com o engenheiro agrônomo Dirceu Gassen.

O Brasil vive uma média de produtividade de 3000kg por hectare (50 sacas por hectare). Mas Gassen destaca que algumas áreas chegam até quase 5000kg por hectare (83 sacas por hectare). Logo, ajudar a planta a expressar seu potencial genético, com um melhor manejo, é fundamental para se preparar para a próxima safra e alcançar um alto rendimento.

"Para colher o que estamos colhendo, não precisa mudar nada. Mas, para colher mais, é preciso mudar algumas estratégias", destaca Gassen.

Alguns fatores, como uma distribuição de determinadas variedades da soja em semelhança com o milho e a consciência de que a colheita de grãos é consequência da colheita de energia solar transformada na folha, estão em xeque nessas estratégias. "Quando conhecemos mais, erramos menos", diz.

Uma soja de alto rendimento é uma soja que precisa de alimento e de cuidado diferenciado. Plantas daninhas devem ser manejadas e a estrutura do solo deve estar correta tanto para armazenar água quanto para que a planta possa extrair esses nutrientes. Um solo compactado, sem raiz da planta anterior e sem porosidade perde 50% da capacidade desses nutrientes serem extraídos.

Ele alerta que, em 10 anos, os custos aumentarão e o atual potencial produtivo não será mais suficiente para cobri-los. Por isso, aconselha os produtores a serem mais eficientes em produtividade e a buscar parceiros que os ajudem a entregar os resultados que precisam na lavoura.

Tags:
Por: Fernanda Custódio e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário