Com 40% da soja colhida, perspectiva é de aumento de 10% no rendimento das lavouras em Uberaba (MG)

Publicado em 14/03/2018 11:59 e atualizado em 14/03/2018 15:08
768 exibições
Produtividade média deve ficar acima de 60 sacas do grão por hectare. Cotações subiram e saca é negociada entre R$ 68,00 a R$ 70,00 na região. Produtores iniciam a colheita do milho na primeira safra, com perspectiva de boa produtividade. Em torno de 35% da área projetada foi plantada com o milho safrinha e preço da saca está próxima de R$ 34,00.

LOGO nalogo

Em Uberaba (MG), a colheita da soja da safra 2017/18 já está completa em 40% da área cultivada. Com problemas climáticos pontuais ao longo do desenvolvimento da cultura, a produtividade nesta temporada tem se confirmando positivamente, acima de 60 sacas do grão por hectare.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural do município, Romeu Borges de Araujo Junior, a projeção é que o rendimento das plantações registre um incremento de até 10% em relação ao ciclo passado. "Na temporada anterior, colhemos entre 54 a 55 sacas de soja por hectare. E, na safra 2017/18, tivemos problemas pontuais com o clima e com as pragas e doenças nas lavouras", explica.

Paralelamente, assim como acompanhado nas principais regiões de produção no país, as cotações da soja também reagiram na localidade. Após um período de preços mais baixos, os valores subiram e, atualmente, a saca é cotada entre R$ 68,00 a R$ 70,00 na localidade.

"Apesar da melhora, os valores ainda estão aquém do esperado pelos produtores, que esperam um valor acima de R$ 70,00 a saca. Contudo, as negociações avançaram depois da reação nos preços. A expectativa é que a produtividade mais alta compense os valores", ressalta a liderança sindical.

Milho

Na região, os produtores rurais estão iniciando a colheita da safra de verão, com boas perspectivas em relação à produtividade. Assim como nas principais regiões de produção, os agricultores também reduziram a área semeada com o cereal na 1ª safra.

E, diante da recente reação nos preços, a saca subiu para R$ 34,00 na região e alguns produtores conseguiram aproveitar os valores. Inclusive, Junior reforça que, a alta nas cotações também tem estimulado o plantio da segunda safra de milho em Uberaba.

"Temos em torno de 35% da segunda safra semeada com o milho e precisamos finalizar esse plantio até o dia 20 de março. Depois desse período, temos uma preocupação com o rendimento das lavouras e o sorgo pode ganhar espaço, assim como já tem acontecido, já que a cultura pode ser cultivada até 10 e 15 de abril", afirma o presidente do sindicato.

A diferença de preços das duas culturas gira em torno de 25% a 30% na região. "Se a saca do milho está próxima de R$ 30,00, a de sorgo gira em torno de R$ 23,00. E, além dos preços, outro fator que também pesa na decisão dos produtores é o clima. O sorgo é uma cultura mais resistente as estiagens", finaliza a liderança.

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário