Plantio da safra de verão no Oeste da Bahia é o mais adiantado dos últimos 38 anos. Chuvas recentes não atrapalham os trabalhos

Publicado em 12/11/2018 13:46 e atualizado em 12/11/2018 15:07
846 exibições
Algumas propriedades já encerraram o plantio da soja e a média da região já supera 60% da área projetada. Milho já caminha para finalização com 90% do plantio concluído
Celito Eduardo Breda - Diretor da ABAPA

Podcast

Entrevista com Celito Eduardo Breda - Diretor da ABAPA sobre as Chuvas no Oeste da Bahia

Download

LOGO nalogo

De olho no excesso de chuvas que ocorreu na região do Matopiba neste final de semana, o Notícias Agrícolas conversou com Celito Breda, diretor da ABAPA, a respeito da situação da safra de verão no oeste da Bahia.

Breda destacou que a região teve uma condição "excepcional" de chuvas até agora. Durante sábado e domingo ocorreram algumas chuvas intensas, mas estas não atrapalharam o andamento das lavouras na região.

O plantio de soja, inclusive, é o mais adiantado dos últimos 38 anos. Alguns produtores conseguiram concluir o plantio até o dia 10 de novembro, o que é inédito. E este fator é especial porque algumas previsões destacam que, a partir de 20 de janeiro, as chuvas podem diminuir na região.

A única tensão está no medo de que a ferrugem venha mais cedo, assim como o plantio, uma vez que já foi registrado seu aparecimento no Paraná.

A área da oleaginosa, contudo, deve ter uma diminuição porque o plantio do algodão ganha cada vez mais espaço. Fatores como condições climáticas, tecnológicas e manejo adequado fazem com que a produção da fibra possa chegar até a [email protected] por hectare.

O plantio de algodão estará liberado no dia 20 de novembro e irá até 10 de fevereiro para as áreas irrigadas.

 

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário