Preços da soja em Chicago já estão próximos do teto e devem trabalhar entre US$ 8,75 a US$9,25 /bushel no curto prazo

Publicado em 17/12/2018 18:10
1886 exibições
Operadores em Chicago ainda aguardam melhora da demanda chinesa pela soja americana, estimam vendas entre 5 a 8 milhões de toneladas entre dezembro e janeiro , mas já trabalham com evolução mais lenta das compras
Jack Scoville - Analista da Price Futures Group

Podcast

Entrevista com Jack Scoville - Analista da Price Futures Group sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

 

LOGO nalogo

A segunda-feira (17) foi um dia positivo para as negociações da soja na Bolsa de Chicago (CBOT). O avanço nos preços não foi grande, com apenas 4 pontos de ganhos nos principais vencimentos, mas a soja se mantém acima dos US$9/bushel.

Jack Scoville, analista da Price Futures Group, destaca que o mercado aguarda por mais compras por parte da China no mercado norte-americano nos próximos dias. Estima-se que a demanda seja de 5 a 8 milhões de toneladas para as próximas duas semanas.

Também aguarda-se uma resolução nos negócios entre os dois países, já que pouco se ouviu após a conversa dos presidentes no G-20.

Por outro lado, estima-se que a produção brasileira chegue a 130 milhões de toneladas. Embora o foco ainda seja a guerra comercial, essa produção também é considerada na hora de divulgar os números.

No curto prazo, Scoville não observa preços acima de US$9,50/bushel na CBOT.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário