Restrição na oferta de soja pode melhorar preços internos, já que demanda das indústrias segue firme e China retoma compras

Publicado em 31/01/2019 18:04 e atualizado em 31/01/2019 19:11
2056 exibições
Mercado da soja no Brasil perde liquidez com produtores retraídos e a espera de atualizações nos números da safra
Aedson Pereira - Analista de Mercado da Informa Economics FNP

Podcast

Entrevista com Aedson Pereira - Analista de Mercado da Informa Economics FNP sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (31), o dia foi negativo para os preços da soja na Bolsa de Chicago (CBOT), com quedas em torno de 4 a 5 pontos nos principais vencimentos. O mercado reflete a falta de informações e tenta recuperar os ganhos dos últimos dias.

Aedson Pereira, da Informa Economics FNP, destaca que há fatores que ainda vão ser tramitados, como a questão entre China e Estados Unidos, de forma que fica difícil uma valorização mais consistente da soja em Chicago.

Há uma tendência de suporte pela condição de retomada das compras chinesas, mas uma definição mais concreta é aguardada. Ao mesmo tempo, o mercado também precisa acompanhar o desdobramento da produção brasileira, principalmente porque há rumores de queda significativa de produtividade.

Chicago também deve precificar a redução de área dos Estados Unidos. O produtor norte-americano está desestimulado para a próxima safra e a Informa aposta em uma redução de área de 1 milhão de hectares, mas há consultorias que falam em redução de até 2,5 milhões de hectares.

 

 

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário