Venda de soja agora só por necessidade ou por elevação do dólar. Para analista, preços vão subir seja via prêmio ou via Chicago

Publicado em 22/04/2019 16:53 e atualizado em 22/04/2019 17:52
7773 exibições
Demanda de soja reduzida pela peste suína africana na China pode ser substituída pelo aumento nas exportações de carne suína
Flávio França Jr. - Chefe do Setor de Grãos da Datagro Consultoria

Podcast

Entrevista com Flávio França Jr. - Chefe do Setor de Grãos da Datagro Consultoria sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

 

LOGO nalogo

Nesta segunda-feira (22), o mercado da soja teve mais uma sessão negativa na Bolsa de Chicago (CBOT), com quedas de três a quatro pontos nos principais vencimentos.

Flávio França Jr, chefe do setor de grãos da Datagro Consultoria, relembra que este panorama se faz presente desde abril e maio do ano passado: o mercado não arruma forças para sair dessa pressão.

A guerra comercial, como aponta o analista, vem mantendo o mercado distorcido. São observados alguns momentos de alta, mas logo depois ele volta a perder força.

Não há suporte por parte da demanda e a única parte que ainda segura os preços domésticos é o câmbio. No Brasil, os prêmios já estão "no fundo do poço".

Para França Jr, é preciso que a demanda chinesa volte para os Estados Unidos ou para o Brasil para que haja novas movimentações. Existe uma grande polêmica em relação ao tamanho do impacto da gripe suína sobre o plantel chinês, de forma que os asiáticos comprariam menos soja.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

3 comentários

  • carlos alberto luft Campo Grande - MS

    Gostaria de ler algum analista que não explica o porque ele errou com tanta ênfase depois do fato ocorrido. Invariavelmente são excelentes em dar a versão do erro mas acertar mesmo em raras situações acontecem, até porque se fosse simples não davam idéias mas se beneficiavam delas.

    1
  • Francisco José Fontana Junior Faxinal dos Guedes - SC

    Este é um dos analistas de respeito pelo que acompanho, juntamente com Vlamir Brandalizze e outros, como Enio Fernandes e Carlos Cogo.... Parabéns e obrigado por nos dizer a VERDADE!!

    3
  • Rodrigo Polo Pires Balneário Camboriú - SC

    Marcio, eu espero que voce não fique zangado comigo, mas preciso falar desse conceito de limite de baixa, que isso acontece quando a queda é muito acentuada, muito grande e, atingindo certo limite, o mercado paralisa e só volta no outro dia para evitar quebradeiras generalizadas e prejuizos ás bolsas... Então sobre esse limite, ele não existe, não existe limite para queda de preço de um ativo..., obviamente que não pode cair abaixo de zero, mas existe um ditado que diz que no fundo do poço tem porão. E eu acho que dos que estão na contramão do senso geral, sou o único a me manisfestar, inclusive sobre matérias que enaltecem demais a China e tentam rebaixar os EUA... Também não posso deixar de lembrar da conversa do Lula sobre economia, ele acha que entende alguma coisa, e a idéia dele é uma idéia estúpida de que se imprimir dinheiro e liberar para a economia, ela forçosamente cresce e o estado consegue arrecadar mais evitando assim uma quebradeira. É o mesmo sistema keinesiano usado na China, só que da mesma forma que a soja depende do mercado chines a China depende do mercado americano e é aí que a porca começa a torcer o rabo. Para quem quiser entender isso, leia sobre Hayke e o keinesianismo. Quanto ao preço da soja, ele já foi em 5,50 o buschel e na minha opinião pode ir de novo. Vai? Sei lá, se soubesse seria o sujeito mais rico do mundo. A projeção de fibonacci no gráfico diário, no 161% está exatamente nesse nivel de preço. Eu duvido que isso aconteça? Não de jeito nenhum. Afirmo que vai acontecer? Também não. Só penso que pode acontecer. Hayek que estudou isso a fundo disse que o keinesianismo sempre acaba mal. Pensar que a China crescerá indefinidamente pelos séculos dos séculos não me parece uma coisa sensata, quantas vezes escutei essa cantilena, mas a realidade é que dificuldades sempre aparecem. No mais afirmo que se os EUA enriqueceram a china com seus investimentos e importações, o Brasil pode se aproveitar disso negociando mais com os americanos, sem essa idéia estapafurdia de que isso implica em deixar outros países de lado, isso é policagem vagabunda de quem quer puxar para o seu lado ideológico, sem falar que o sistema capitalista de livre mercado dos EUA com uma constituição pouco interventora ou nada interventora na economia é muito superior ao sistema chines.

    25
    • ALOÍSIO BRITOUNAÍ - MG

      Muito bom! Infelizmente acredito q muitos leitores aqui não irão entender a sua lógica. Isso é muita informação. Espero que pelo menos estimule a busca por conhecimento. Emitir moeda é a maior ignorância da economia ingênua e ignorante.

      6