Soja em Chicago encerra semana pressionada e cotações voltam a se aproximar de suporte importante dos US$ 8,50/bushel

Publicado em 26/04/2019 17:09
2531 exibições
Rompimento do suporte de US$ 8,50/bushel pode estimular nova rodada de baixa nos preços da soja em Chicago
Ginaldo de Sousa - Diretor da Labhoro Corretora

Podcast

Entrevista com Ginaldo de Sousa - Diretor da Labhoro Corretora sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

 

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira (26), o mercado da soja na Bolsa de Chicago (CBOT) teve mais um dia de queda, em torno de cinco a seis pontos nos principais vencimentos.

Ginaldo de Sousa, diretor da Labhoro Corretora, ressaltou que não há nenhum fator fundamental que possa fazer o mercado subir previsto no horizonte.

Os estoques norte-americanos devem continuar em grande alta, em torno de 27 milhões de toneladas excedentes. Além disso, são mais de 125 mil contratos de soja vendidos que não devem sair de sua posição se não houver uma base fundamental.

São três, portanto, os principais fatores que influenciam o mercado neste momento: a falta de demanda, o excesso de estoques e o plantio da safra norte-americana. Além disso, há o problema da febre suína africana, problema que Sousa estima que não será resolvido em poucos anos.

No Brasil, o dólar tem ajudado, mas a Argentina tem vendido mais soja, com um preço US$25 mais barato do que o dos brasileiros.

Crop Tour

Sousa aproveitou para destacar que o Crop Tour da Labhoro será realizado neste ano a partir do dia 24 de agosto. Dessa vez, além de visitar as lavouras dos Estados Unidos, o grupo deve seguir para a China para visitar tradings e outros pontos importantes para o setor.

Acompanhe as informações aqui no Notícias Agrícolas!

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário