Além do recuo de 6,5 mi/t na produção de carne suína, PSA na China também altera hábito de consumo de proteína animal. Soja cai

Publicado em 29/04/2019 18:10
5449 exibições
Demanda chinesa por soja esfria com redução de quase 1/3 do plantel de suínos pela PSA e preços da soja em Chicago recuam por mais uma sessão
Carlos Cogo - Sócio-Diretor de Consultoria da Cogo Inteligência em Agronegócio

Podcast

Entrevista com Carlos Cogo sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

 

LOGO nalogo

O mercado da soja teve mais um dia negativo na Bolsa de Chicago nesta segunda-feira (29), com quedas de seis pontos nos principais vencimentos. Só que, dessa vez, não é a guerra comercial que tem motivado essa pressão.

Como destaca Carlos Cogo, Sócio-Diretor da Cogo Inteligência em Agronegócio, a questão da febre suína asiática afetando os planteis na China está, naturalmente, mexendo também com as questões de demanda.

A China é o maior importador mundial de soja. Esses números - estima-se que são em torno de 160 milhões de cabeças perdidas - por si só podem afetar os preços. Além disso, há relatos de que o país asiático não estaria reportando de forma transparente.

Isso tem impacto direto, logo, no processamento de soja para a ração animal. Cogo ainda ressalta que os chineses possuem o costume de comprar a carne suína na carcaça, não sendo comum comprar partes, como no Brasil.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • WELLISTON FRANK TEIXEIRA DOUTOR CAMARGO - PR

    Os chineses não vão virar vegetarianos do dia pra noite, vão continuar consumindo algum tipo de proteína animal..., terão de importar outro tipo de carne, ou de boi ou frango. Com isso, a tendência é de aumento nas exportações de carnes e, na lógica, o consumo de soja e milho deverá aumentar ou, no mínimo, se manter... para os criadores desenvolverem esses animais.

    0
  • Renato Santi Locatelli Alvorada do Sul - PR

    Pra mim isso é uma estratégia dos chineses. Tendo em vista a quebra da safra Brasileira que a midia nao divulga de forma alguma. Problemas nos EUA com a nova safra que pode estrapolar as perspectiva de perdas. Este cenario nebuloso que se propaga atualmente na midia será que se concretisa, cinceramente acho que nao. Pois ate meados de agosto tem muita agua para passar por debaixo da ponte.

    6
    • ARLINDO PONTREMOLEZ VARALTAIBIRAREMA - SP

      Estimado Renato, eu gostaria que vc tivesse razao mas infelizmente creio que a realidade é bem diferente. Os estoques mundiais vem crescendo assustadoramente nos ultimos 5 anos, devido aos investimentos e tecnologia de ponta usados nos paises que são os maiores produtores de soja do mundo. Outra realidade é que a China nao consegue consumir todo esse aumento de produtividade !! Nenhum pais do tamanho da China consegue manter crescimento de 7.5% ano.. Isso e impossivel!! Resumindo: muita soja para o mesmo consumidor .!! Resultado: precos baixos !! Infelizmente os agricultores nao conseguem enxergar essa realidade e vao pagar as consecuencias por nao querer ver a realidade !! Faz tres anos que venho dizendo que a soja chegaria a 8.50 o bushell e hoje esta abaixo desse patamar. so nao vai cair muito mais e durantre mais tempo pórque nesses precos os americanos nao cobrem os custos e seguramente vao deixar de plantar em um ou dois anos se seguir assim. So tem uma saida para nos os agricultores. !!!!! DIMINUIR AS AREAS PLANTADAS !!! De nao ser assim vamos amargar esse precinhos de 8.50 us por bushell durante bastante tempo!! Ate meados de agosto muita agua vai rolar e os precos vao rolar junto com as aguas, sempre para baixo!! Deus queira eu esteja redodamente equivocado, afinal tambem sou agricultor !! Plantemos com uma visao clara de macro economia e uma boa calculadora do lado , porque se sehguimos plantando so com o coracao vamos ir para o brejo!! Abracos a todos os que alimentamos o mundo !!

      9
    • RENATO SANTI LOCATELLIALVORADA DO SUL - PR

      Mercado da soja em alta. Dolar em alta. Preços começa a descolar de Chicago. Oferta x demanda. Previsão de alta pois as exportaçoes neste mês deve bater recorde e acabar de vez com as previsões pessimista de alguns influenciadores. Clima ruim nos EUA ainda deve dar margem para novas altas na próxima semana.

      0