Relatório de oferta e demanda do USDA pode promover a última grande baixa de preços da soja na sessão dessa quinta-feira (12)

Publicado em 11/09/2019 16:54 e atualizado em 11/09/2019 18:54
3201 exibições
Um relatório diferente de uma redução de oferta esperada pelo mercado pode promover recuos de até 30 pontos na soja. Mas depois preços se recuperam
Jack Scoville - Analista da Price Futures Group

Podcast

Entrevista com Jack Scoville - Analista da Price Futures Group sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

LOGO nalogo

O fechamento da soja desta quarta-feira (11) fechou com quedas acima de 5 pontos nos principais contratos, ainda aguardanbdo as informações do relatório de oferta e demanda do USDA, que será publicado nesta quinta-feira (12). Para Jack Scoville, analista da Price Futures Group, os preços mais próximos do mínimo podem atrair compradores, o que por sua vez terá como consequência um suporte nos preços.

De acordo com ele, alguns estados americanos já estão colhendo o milho, mas a soja está atrasada e deve começar a ser colhida em breve. Ele disse que a soja americana é competitiva e a demanda está voltando, com países europeus e México comprando.

Para a produção norte-americana de soja, as expectativas do mercado variam de 95,23 a 101,92 milhões de toneladas, com média de 97,87 milhões. Em agosto, o USDA estimou a safra em 100,15 milhões de toneladas. Na temporada anterior, a colheita de soja foi de 123,67 milhões de toneladas. 

A produtividade da oleaginosa tem média estimada de 52,9 sacas por hectare, dentro de um intervalo de 51,55 e 54,91 sacas por hectare. Há um mês, o rendimento da soja foi estimado em 54,35 scs/ha. 

E os números da produtividade neste boletim deverão ser os mais esperados e acompanhados pelos traders, com o mercado sabendo que as lavouras norte-americanas enfrentarão ainda algumas dificuldades para sua conclusão até que a colheita ganhe cada vez mais corpo. 

Por: Aleksander Horta e Ericson Cunha
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Luiz Alberto Ribas Prestes Maringá - PR

    Concordo plenamente com vc Fabiano , nenhum deles tem coragem de definir o que está acontecendo. A real produção da safra. Todos ficam nessa , se, pode ser , e nada definem.

    2
  • FABIANO DALL ASTA Canarana - MT

    Esses analistas são muito específicos mesmo. Usam termos do tipo pode , se , tem chance , e se .... aí fica facil.

    3