Soja: mercado interno segue pagando melhor que exportação e negócios nos portos foram lentos nesta segunda

Publicado em 20/01/2020 16:56 e atualizado em 20/01/2020 18:13
2363 exibições
Mercado da soja em Chicago deve seguir cético em relação ao acordo, até que China concretize compras significativas dos EUA
Marlos Correa - Analista Insoy Commodities

Podcast

Entrevista com Marlos Correa - Analista Insoy Commodities sobre o Mercado da Soja

Download

LOGO nalogo

O mercado da soja iniciou a semana estável, já que nesta segunda-feira (20) é comemorado o feriado de Martin Luther King nos Estados Unidos. Dessa forma, as referências no Brasil se mantiveram acima dos R$ 88,00 por saca para o produto disponível nos principais terminais de exportação, enquanto nas praças de comercialização os indicativos seguem variando entre R$ 76,00 e R$ 84,00. 

>> Soja: Mercado brasileiro inicia semana com preços estáveis, mas perspectiva positiva

Na última sexta-feira, a soja foi puxada pelas altas dos preços do milho. Para os próximos dias, o mercado ainda ficará acompanhando os volumes de compras chinesas da soja americana. Com a chegada do ano chinês, essas compras devem se manter calmas ao longo da semana.

A falta de referência internacional para os negócios manteve os produtores focados na alta do dólar - de mais de 0,50%. A moeda americana forte continua sendo um dos principais fatores de suporte aos preços da oleaginosa brasileira ao lado de uma demanda ainda forte no país e prêmios ao menos sustentados.

Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário