Campeão Nacional do Cesb é do Paraná e venceu com a produtividade máxima de 118,82 sacas de soja por hectare

Publicado em 14/07/2020 11:41 e atualizado em 15/07/2020 10:57 5116 exibições
Laércio Dalla Vecchia - Produtor Rural
A média de toda propriedade do Laércio Della Vechia foi de 90 sacas por hectare

Podcast

Entrevista com Laércio Dalla Vecchia - Produtor Rural sobre a Produtividade na Soja

Download

LOGO nalogo

Laércio Dalla Vecchia, produtor rural de Mangueirinhas - PR, é o campeão nacional de produtividade do CESB (Comitê Estratégico Soja Brasil) para a safra 19/20. Com um máximo de produtividade de 118.8 sacas por hectare, Laércio disse que seu foco ao longo da última safra foi a sustentabilidade.

"Estou muito feliz com a notícia, pois tudo o que fiz foi com muito carinho e dedicação. Eu não imaginava que seria o campeão, minha intenção era focar na produção com sustentabilidade.  Para conseguir isso, fiz apenas o básico", disse o produtor rural, em entrevista para o jornalista Aleksander Horta, do site Notícias Agrícolas.

Segundo ele, a grande diferença que justifica essa produtividade é uma mudança de comportamento. Laércio explicou que fez um monitoramento bem feito e que realizou aplicações de insumos apenas quando necessário. O talhão campeão foi de uma área de 27 hectares, mas o produtor disse ainda que os mesmos manejos realizados no talha do CESB foram feitos em toda a sua propriedade.

"A diferença foi fazer o básico bem feito, com baixo custo e alta rentabilidade. Para conseguir isso é necessário ter em mente que a agricultura é um tripé, ou seja, precisa cuidar das propriedades físicas, químicas e biológicas da lavoura. Tendo isso em mente, minha propriedade conseguiu um rendimento de 90 sacas por hectare".

 

Por:
Aleksander Horta e Ericson Cunha
Fonte:
Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    O Cesb poderia detalhar mais sobre o item "fertilizantes" usados pelo campeão? Porque usou no plantio 200 kg por há de um formulado e 50 kg de cloreto em cobertura, a diferença entre o custo destes e o relacionado está 200 % a mais.

    0
    • Elton Szweryda Santos Hortolândia - SP

      Concordo contigo Vilson, por que nao abrir, trazer transparencia para que possamos fazer um trabalho semelhante em nossa producao????, a nao ser que tenha alguma clausula de segredo...

      1
  • Rafael Antonio Tauffer Passo Fundo - RS

    Excelente entrevista Alexander e parabéns ao produtor Laércio pelas explicações.

    0