Cuidado com a semeadura da soja deve ser redobrado porque pode faltar semente para replantio, alerta Aprosoja PR

Publicado em 10/09/2020 13:10 e atualizado em 10/09/2020 15:33 1701 exibições
Márcio Bonesi - Presidente da Aprosoja PR
Estiagem da última safra do Rio Grande do Sul pode impactar na disponibilidade de sementes para reposição nesta safra 2020/21. Vazio sanitário se encerrou no Paraná, mas produtores ainda não têm condições de umidade para iniciar o plantio e nem realizar manejos das últimas áreas colhidas do milho segunda safra.

Podcast

Cuidado com a semeadura da soja deve ser redobrado porque pode faltar semente para replantio, alerta Aprosoja PR

Download

LOGO nalogo

O vazio sanitário se encerrou no Paraná e os produtores do estado estão autorizados à iniciarem o plantio da safra de soja verão 2020/21 a partir desta quinta-feira, dia 10 de setembro. Apesar dessa liberação, as condições ainda não são favoráveis para o começo dos trabalhos.

Segundo o presidente da Aprosoja PR, Márcio Bonesi, o estado vem de uma seca histórica, que trouxe prejuízos à segunda safra de milho, e ainda não possui umidade no solo e nem relativa do ar suficientes para o plantio. Sendo assim, o produtor precisa esperar as chuvas antes de lançar as sementes ao solo.

Até porque, pode haver dificuldade na reposição de sementes em caso de necessidade de replantio neste ano. A liderança aponta que a estiagem no Rio Grande do Sul, um grande produtor de sementes no Brasil, pode reduzir essa oferta mais à frente.

Mesmo atividades de manejo e dessecação nas últimas lavouras colhidas com o milho safrinha estão impossibilitadas neste momento. Bonesi destaca que existe previsão de pequenas precipitações entre os dias 20 e 21 de setembro, mas talvez ainda abaixo do necessário.

A recomendação é que o produtor fique atento as previsões climáticas e aguarde o momento ideal de plantio para garantir a produção boa, que hoje é estimada em mais de 20 milhões de toneladas no Paraná.

Sobre as negociações desta produção, Bonesi comenta que esta safra registra recorde de vendas antecipadas com cerca de 45% do volume já vendido e produtores capitalizados, investindo mais em corretivos de solo como calcário e gesso e em fertilizantes mais específicos.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente da Aprosoja PR no vídeo.

Leia Mais:

+ Paraná dá início oficial à safra 2020/21 do Brasil, mas plantio ainda não começa por falta de chuvas

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário