Abrass descarta falta de sementes de soja para esta safra e ressalta importância do plantio apenas em boas condições

Publicado em 15/09/2020 11:19 e atualizado em 15/09/2020 12:27 1141 exibições
Gladir Tomazelli - Vice-Presidente da Abrass
Associação estima que 99% dos produtores já estão com as sementes necessárias para o plantio da safra e não se preocupa com falta de sementes em caso de replantio pela falta de chuvas. Período de estiagem demanda maior atenção na armazenagem das sementes e na semeadura para garantir potencial produtivo

Podcast

Abrass descarta falta de sementes de soja para esta safra e ressalta importância do plantio apenas em boas condições

Download

LOGO nalogo

O plantio da safra de soja 2020/21 está prestes a começar em diversas regiões produtoras do Brasil e 99% dos produtores já estão com todas as sementes necessárias para o plantio adquiridas.

Segundo o vice-presidente da Abrass, Gladir Tomazelli, neste momento de falta de chuvas é necessário que os produtores se atentem para a armazenagem correta das sementes e aguardem condições favoráveis para iniciar os trabalhos de plantio.

A liderança explica que o tempo seco e temperaturas elevadas podem diminuir o potencial produtivo de sementes entregues há muito tempo e mal armazenadas. Além disso, problemas no plantio e na germinação das plantas podem tirar até 15 sacas por hectare da produtividade final das lavouras.

Apesar do temor de alguns produtores sobre a possibilidade de falta de sementes no mercado em caso de necessidade de replantio, Tomazelli garante que o mercado está abastecido com mais oferta do que demanda e não há esse risco, a menos que haja uma crise hídrica muito violenta e fora dos padrões.

“Em algumas regiões poderá ocorrer a falta de algumas cultivares mais desejadas e que, regionalmente, tem um melhor resultado e diante disso, tenha-se que plantar aquilo que se encontrar. Mas hoje em dia a possibilidade de produzir mal por causa de uma variedade é muito difícil, as variedades no mercado são muito produtivas e tem uma performance muito alta”, diz.

Por fim, Tomazelli destaca que a relação de troca nesta safra 20/21 foi muito favorável aos produtores de soja que compraram sementes baratas e conseguem altos preços na venda dos grãos. Por outro lado, as contas do produtor de sementes estão mais apertadas com a cobrança de royalties e o aumento no custo das matérias primas.

Confira a íntegra da entrevista com o vice-presidente da Abrass no vídeo.

Leia Mais:

+ Vazio sanitário acabou, mas MT ainda não tem condições de plantio e situação preocupa para produtores de algodão

+ Vazio sanitário no MS se encerra amanhã, mas somente 5% dos produtores devem conseguir iniciar o plantio da soja em setembro

+ Cuidado com a semeadura da soja deve ser redobrado porque pode faltar semente para replantio, alerta Aprosoja PR

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário