Soja perde patamar dos US$10/bushel em Chicago com dólar em alta, China em ritmo de feriado e chuvas no sul do Brasil

Publicado em 28/09/2020 17:39 e atualizado em 29/09/2020 10:13 1859 exibições
Vlamir Brandalizze - Analista de Mercado da Brandalizze Consulting
A pouca oferta de safra velha registra preços recordes acima de R$150,00/saca

Podcast

Entrevista com Vlamir Brandalizze - Analista de Mercado da Brandalizze Consulting sobre o Fechamento de Mercado da Soja

Download

LOGO nalogo

Nesta segunda-feira (28), o mercado da soja terminou mais um dia em queda, com os contratos para novembro de 2020 perdendo 6,25 pontos, sendo negociados a US$ 9,96. Contratos mais futuros também perderam o patamar de US$ 10, sendo que apenas para janeiro de 2021 a negociação se manteve no patamar. 

Dentre os fatores de pressão estão os relatórios do USDA, que demonstraram um bom avanço na colheita da safra. Dessa forma, o andamento positivo das lavouras americanas pressionam os preços. Somando-se a isso o feriado na China, que deve paralisar o país por uma semana, fazem com que os preços na bolsa percam força. Apesar da semana mais lenta pelo feriado chinês, a demanda do país asiático deve continuar, já que os plantéis de suínos estão sendo retomados. Com o aumento da criação de porcos no país, a demanda se manterá firme.

No Brasil, a volta das chuvas favorecendo o plantio e o dólar alto também pressionaram os preços em Chicago.No entanto, o mercado interno segue com preços firmes, já que o câmbio favorece a manutenção dos 3 dígitos. Em Paranaguá, as negociações estão em R$ 144. e em Primavera do Leste / MT, os produtores rurais relatam que há negociações sendo feitas em até R$ 155.

Veja também:

>> USDA: EUA já colheram 20% da soja e 15% do milho

>> USDA: embarques semanais ficam dentro das expectativas; acumulado anual já é 53% maior para a soja e 79% maior para o milho

>> Líderes da China devem apoiar meta menor de crescimento para 2021 a 2025 em reunião, dizem fontes

>> China mira taxa de autossuficiência de 95% em carne suína, indica governo

 

 

Por:
Aleksander Horta e Ericson Cunha
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário