HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Paracatu/MG plantou 10% da safra de soja e se preocupa com previsão de veranico em janeiro

Publicado em 21/10/2021 10:06 e atualizado em 21/10/2021 12:14 607 exibições
João Luiz Pinton - Produtor Rural de Paracatu-MG
Condições de momento são positivas para o avanço das atividades e expectativa é produzir, pelo menos 60 sacas por hectare. Atrasos nas entregas de insumos e substituições de produtos contratados são registradas no município

Podcast

Paracatu/MG plantou 10% da safra de soja e se preocupa com previsão de veranico em janeiro

Logotipo Notícias Agrícolas

O plantio da safra de soja 2021/22 ainda está no começo em Paracatu em Minas Gerais, com 10% das lavouras semeadas desde a última semana e tempo bom para o avanço das atividades.

Segundo o produtor rural João Luiz Pinton, quando a chuva chega em outubro na região costuma haver veranico no mês de janeiro e essa é uma preocupação para a manutenção da expectativa de produtividade de mais de 60 sacas por hectare.

Outro ponto de atenção é a dificuldade de entrega de alguns insumos para a safra. Pinton relata que houve troca no tratamento de sementes que ele havia contratado e alguns produtores vizinhos registraram atrasos em entregas.

De olho no mercado, a estratégia adotada pelo agricultor foi segurar as negociações para momentos mais próximos da colheita, não tendo fechado vendas antecipadas até o momento, mesmo com propostas na casa dos R$ 150,00 a saca.

Confira a entrevista completa com o produtor rural de Paracatu/MG no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • Josino da Veiga Antunes cristalina - GO

    KKKK, ai está difícil a vida deste colega, planta em um dia no outro dia está preocupado com veranico.

    Vamos ser otimista e deixar para sofrer, se isto realmente acontecer.

    vamos em frente

    O Agro não para

    0