HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Excesso de chuva prejudicou soja do cedo em Pato Branco/PR, mas restante das lavouras ainda promete boa produtividade

Publicado em 06/12/2021 10:14 e atualizado em 06/12/2021 11:02 790 exibições
Oradi Caldato - Presidente do Sindicato Rural de Pato Branco/PR
Lavouras de milho verão também se desenvolvem bem, mas precisam de novas precipitações neste momento de enchimento de grão

Podcast

Excesso de chuva prejudicou soja do cedo em Pato Branco/PR, mas restante das lavouras ainda promete boa produtividade

Logotipo Notícias Agrícolas

As primeiras lavouras de soja da safra 2021/22 plantadas em Pato Branco no Paraná se desenvolviam bem, até que o excesso de chuvas em outubro, com 500mm acumulados em poucos dias, prejudicou o desenvolvimento das plantas e retirou potencial produtivo.

Porém, essas áreas representam pouco do total de lavouras do município, o que ainda mantém a perspectiva de boa safra neste ciclo, conforme conta o presidente do Sindicato Rural de Pato Branco/PR, Oradi Caldato.

As demais lavouras de soja, assim como as de milho desta safra de verão, estão se desenvolvendo bem na região, mas precisam de novas precipitações nos próximos dias para manter este bom potencial. 

A liderança aponta que houve negociações da oleaginosa com a saca valendo R$ 160,00 e alguns produtores aproveitaram para travar os custos, mas a grande maioria preferiu seguras as vendas esperando preços melhores. No caso do milho, não há oportunidades de vendas neste momento, mas a esperança é que os preços ao redor de R$ 80,00 se mantenham até a colheita.

Caldato espera que a colheita da soja comesse no dia 10 de janeiro, com as lavouras sendo revertidas para segunda safra de milho ou feijão, mas aposta em mais áreas de feijão, já que o milho corre muitos riscos climáticos em abril e maio.

Confira a íntegra da entrevista com o presidente do Sindicato Rural de Pato Branco/PR no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário