Corteva lança produto premiado para o manejo da broca da cana-de-açúcar

Publicado em 08/07/2020 12:05 e atualizado em 08/07/2020 13:38 1742 exibições
Rodrigo Takegawa - Líder de Marketing de Cana da Corteva Agriscience
Entrevista com Rodrigo Takegawa - Líder de Marketing de Cana da Corteva Agriscience

Podcast

Corteva lança produto premiado para o manejo da broca da cana-de-açúcar

Download

A Corteva Agriscience está fortalecendo a sua atuação no setor de cana-de-açúcar, segunda maior cultura do Brasil, com a contratação de novos profissionais com alto conhecimento técnico e do negócio e um pipeline robusto (produtos que ainda estão por vir). A companhia atua no segmento de cana com inseticida, herbicida, fungicida, maturador e nematicida microbiológico e está investindo para apresentar ao mercado um portfólio cada vez mais completo.

Tendo a inovação em seu DNA, a companhia investe anualmente 1,2 bilhão de dólares em Pesquisa & Desenvolvimento, sendo 200 milhões deste total destinados ao Brasil. O novo inseticida Revolux oferece tecnologia e liberdade de escolha aos agricultores no combate à principal praga que afeta as lavouras de cana-de-açúcar, a broca-da-cana (Diatraea saccharalis). A lagarta possui efeito direto na qualidade da matéria-prima e, segundo especialistas, pode causar prejuízos de até cinco bilhões de reais por ano ao setor.

Composto por dois novos ingredientes ativos (Espinetoram e Metoxifenozide), Revolux atua com dois modos de ação diferenciados para uma proteção prolongada da cana contra a broca, com seletividade aos inimigos naturais, e torna-se um produto referência para o manejo integrado de pragas (MIP) ao permitir rotacionar modos de ação dentro da estratégia do manejo de resistência. Os dois ingredientes ativos ganharam o prêmio de química verde, chancelado pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA), por sua ação específica sobre os insetos-alvo, seletividade aos organismos benéficos e atributos inócuos ao meio ambiente.

O Brasil é o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo, com mais de 9 milhões de hectares de área plantada e um mercado de proteção de cultivos de 1,4 bilhão de dólares, de acordo com a Spark. A Corteva acredita que pode contribuir para o desenvolvimento deste mercado, com soluções inovadoras que facilitem o dia a dia do agricultor e aumentem a produtividade e rentabilidade dos canaviais.

- Com informações da Assessoria de Comunicação da Corteva Agriscience

 

Por:
Ericson Cunha
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário