HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

São Paulo espera plantar 15% a mais de trigo em 2021 e bater recorde de produção superando as 300 mil toneladas

Publicado em 08/03/2021 10:21 e atualizado em 08/03/2021 12:06 749 exibições
Victor Oliveira - Presidente da Câmara Setorial do Trigo de São Paulo
Produtores paulistas foram estimulados pelos preços do trigo que saltaram 90% na comparação do momento atual com janeiro de 2020. Por outro lado, moinhos e indústrias enfrentam dificuldades para precificar os produtos e repassar aumentos aos consumidores finais

Podcast

São Paulo espera plantar 15% a mais de trigo em 2021 e bater recorde de produção superando as 300 mil toneladas

Download

LOGO nalogo

A safra de trigo em São Paulo começará a ser plantada em maio e a expectativa é aumentar a área cultivada em até 15% com os produtores estimulados pelo atual patamar de preços do mercado. Além disso, a produção final é esperada em volume recorde no estado.

O presidente da Câmara Setorial do Trigo de São Paulo, Victor Oliveira, relata que na safra passada o estado já bateu recorde de produção com 300 mil toneladas e projeta superar este patamar em 2021.

A liderança aponta a valorização do trigo no mercado brasileiro como o principal responsável por este acréscimo, já que a cotação do cereal foi de R$ 900,00 a tonelada em janeiro de 2020 para R$ 1.600,00 a tonelada atualmente.

Por outro lado, indústrias e moinhos enfrentam dificuldades para precificar os produtos e repassar estes aumentos para os consumidores finais de farinhas e derivados. Oliveira ressalta que a volatilidade do dólar atrapalha a cadeia, uma vez que, pelo menos, metade do trigo consumido no Brasil é importado.

Confira a entrevista completa com o presidente da Câmara Setorial do Trigo de São Paulo no vídeo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário