Boi: Escalas de abate em SP são curtas e frigoríficos abatem menos

Publicado em 16/07/2013 17:00 1024 exibições

Maisa Modolo Vicentin
engenheira agrônomo
Scot Consultoria

 

O mercado do boi gordo está pouco ofertado em São Paulo.

No entanto, começou a aparecer oferta de animais de cocho, o que pode dar folga às escalas de abate.

As programações de abate dos frigoríficos atendem, na maioria dos casos, de dois a três dias, com casos pontuais de escalas maiores. 

Além de trabalhar com escalas curtas, os frigoríficos têm abatido menos.

Em São Paulo, a referência para o boi gordo está em R$103,00/@, à vista, e R$104,50/@, a prazo. Poucas negociações ocorrem abaixo destes valores.

A pressão compradora dos frigoríficos paulistas também vem impactando as cotações nas praças vizinhas. Houve valorizações em Dourados e Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul. 

Clique aqui e confira a cotação do boi

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário