Boi Gordo: Com menor oferta, pressão de baixa diminui

Publicado em 22/08/2013 17:00 e atualizado em 22/08/2013 18:55
705 exibições

A análise do Banco Espírito Santo Research sobre o mercado do boi gordo mostra que, a saída de animais de cocho associada à oferta de bois a termo dos grandes frigoríficos tem colaborado com a pressão de baixa. Tipicamente, as vendas de carne no atacado aumentam na última semana do mês. Porém, vale lembrar que a firmeza dos preços no atacado não ocorreu nos últimos dois meses.

Abaixo, confira a análise diária da Scot Consultoria:

Boi Gordo: Mesmo com mercado estabilizado, frequência de compra recua

Antonio Guimarães de Oliveira
engenheiro agrônomo
Scot Consultoria

Apesar da estabilidade do mercado, são cada vez menos frequentes compras a preços abaixo da referência, que hoje está em R$100,00/@, à vista, para o boi gordo em São Paulo. 

O motivo da diminuição da pressão de baixa é a oferta de animais terminados, cada vez mais enxuta.

Nem mesmo em Goiás, que possui um expressivo volume de animais confinados, as compras no mercado spot estão fáceis e houve reajuste no preço da arroba em Goiânia.

É o segundo dia seguido de valorização no estado.

A maioria dos animais que compõem as escalas de abate dos frigoríficos é de boiadas a termo e de confinamento.

O escoamento ainda segue com ritmo lento, típico para a segunda quinzena do mês.

Mesmo assim, o mercado do boi gordo está mais firme.

Clique aqui e confira as cotações do boi

Fonte: Banco Espírito Santo + Scot

1 comentário

  • Terence Groot Cassilândia - MS

    Bom a "cem"? Sem margem nenhuma isso sim, boi a cem ja era faz tempo, o dollar ja subiu 25% e o boi continua em 100, a esperança do produtor neste momento é que a instabilidade economica poderá ocasionar um direcionamento de capital para a compra de terras, mas a mais curto prazo a retenção de boiada como moeda, "hepa" os grandes mandatários do mercado vão sofrer com a ociosidade, e que deus ilumine a umildade do produtor caipira para que não venda o seu boi a prazo "pois poderá deixar seu crédito na mão de GOLIAS".

    0