Boi Gordo: Oferta restrita e demanda aquecida estimulam avanço do mercado

Publicado em 12/09/2013 17:00
859 exibições

Gustavo Adolpho Maranhão Aguiar
zootecnista
Scot Consultoria

Mercado firme, com mais uma alta para a referência em São Paulo. O preço a prazo subiu R$0,50/@ e está em R$106,50/@. 

A oferta restrita tem sido um dos motivadores da pressão altista. A escala média de abate no estado atende quatro dias úteis.

Nas praças vizinhas a São Paulo, os preços permanecem firmes, com altas registradas em Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais.

No panorama geral, houve valorizações em treze das trinta e uma praças pesquisadas para o boi.

A boa demanda também colabora com o mercado em alta. Na última semana, o boi casado subiu 1,6% e está cotado em R$6,62/kg.

Analisando os Equivalentes Scot Carcaça e Scot Desossa, temos margens de 18,2% e 25,0% em relação ao preço que a indústria paga pelo boi gordo, respectivamente.

Estas margens podem ser consideradas historicamente favoráveis aos frigoríficos, se comparadas às médias desde 2007, quando começamos a apuração destes indicadores. 

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte: Scot Consultoria

0 comentário