Boi Gordo: Mercado segue firme frente à demanda aquecida

Publicado em 23/12/2013 16:12 e atualizado em 27/12/2013 09:49 1254 exibições

Mercado do boi devagar.

Além de a segunda-feira ser um dia em que normalmente os negócios acontecem de forma lenta, as festas desta semana diminuem ainda mais a oferta de boiadas por parte dos pecuaristas. Isso dá força à especulação. Os frigoríficos aproveitaram para testar o mercado.

Em São Paulo existem compradores ofertando até R$ 3,00/@ abaixo da referência, mas sem sucesso nas compras. Geralmente são indústrias que estão com escalas mais confortáveis que a média geral, que atende de 3 a 4 dias.

Essas programações são medidas considerando um dia a menos de abate nesta e na próxima semana.

Ao mesmo tempo, as negociações por R$ 116,00/@, à vista, continuam no estado.

Os frigoríficos que precisam alongar suas escalas para atender a demanda, que é boa, acabaram elevando suas ofertas e puxaram para cima a referência do mercado.

Exemplo disso foram as altas registradas em Belo Horizonte e Sul de Minas Gerais, Sul de Goiás, Cuiabá-MT, em Santa Catarina e em Paragominas, no Pará.

No mercado atacadista de carne bovina, preços firmes e possibilidade de novas altas, já que a demanda segue aquecida.

 

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário