Mercado do boi gordo segue sustentado, por Scot Consultoria

Publicado em 12/09/2019 17:00
386 exibições

Letícia Vecchi

Zootecnista

Scot Consultoria

Em São Paulo, apesar da oferta mais restrita de animais durante a semana, as programações de abate continuam confortáveis, em torno de seis dias.

O consumo patinando é o que tem limitado as altas na arroba do boi gordo e as recentes quedas no preço da carne bovina no atacado corroboram com este cenário

Vale destacar que alguns frigoríficos não estão com escalas completas, sendo suficiente para atender à demanda vigente.

No Norte de Minas Gerais, as indústrias estão com dificuldade de compor as escalas, que estão girando em torno de três dias e os preços subiram 0,7% na comparação dia a dia. 

No Pará, os reflexos da habilitação de cinco plantas frigoríficas para exportar carne bovina para a China já  surtiram efeito no preço do boi gordo na região de Rendenção, que teve alta de R$1,00/@ desde o início da semana. 

No mercado atacadista de carne bovina com osso, os preços caíram. O boi casado de animais castrados está cotado em R$10,38/kg, queda de 0,3% na comparação dia a dia.

Fonte: Scot Consultoria

0 comentário