Análise de mercado do boi gordo

Publicado em 28/01/2010 16:03 1306 exibições

Maria Gabriela O Tonini
médica veterinária
Scot Consultoria


Dois fatores principais indicam mercado firme e que até existe a possibilidade de preços do boi gordo mais altos nos próximos dias.

Primeiro que a oferta de gado, especialmente em São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, se mantém pequena, e em todo o país existe dificuldade no preenchimento das escalas. Segundo que a demanda por carne aumentou e os preços no atacado com osso subiram forte nesta manhã, dando espaço, quem sabe, para maiores pagamentos pelo gado.

Em São Paulo o boi gordo é negociado em R$75,00/@ e R$76,00/@, a prazo, livre do funrural. Ainda existe pressão para recuo, com ofertas de compra até R$5,00/@ mais baixas, mas a pequena disponibilidade de gado mantém o mercado firme. As escalas atendem entre 3 e 5 dias no estado.

Assim como em São Paulo, o mercado está estável em quase todo o país, já que por mais que as compras estejam difíceis, os frigoríficos aos poucos preenchem as escalas e seguem com a atividade.

A única alteração observada nos preços do boi gordo foi a alta de R$1,00/@ no Sudeste do Mato Grosso. Na verdade depois que a cotação caiu, os negócios travaram e os valores anteriores foram retomados.

No mercado atacadista de São Paulo houve alta de R$0,30/kg no traseiro avulso e R$0,40/kg no traseiro casado. Resultado da oferta pequena de carne e da demanda mais firme.

 

<?xml:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Clique aqui para acessar as cotações do boi gordo.



Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário