Mercado do boi gordo segue com grande pressão de compra

Publicado em 10/08/2010 16:48 718 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

O mercado do boi gordo segue com grande pressão de compra, embora a oferta de gado esteja pequena em quase todas as praças pecuárias.

Em São Paulo não houve alteração nos preços de referência da arroba do boi gordo, mas continua bastante difícil para os frigoríficos paulistas alongarem as escalas somente comprando no estado.

A oferta de boi de pasto está bastante reduzida e os animais de confinamento ainda não saíram em volume expressivo.

A alternativa para as indústrias continua sendo comprar nas praças vizinhas, principalmente no Mato Grosso do Sul, onde os negócios acontecem em R$81,00/@, a prazo, livre de funrural, mas já existem ofertas de compra de até R$82,00/@, a prazo, também livre de imposto.

No Mato Grosso, na região sudeste, a dificuldade na compra fez os preços subirem R$1,00/@. Mesmo comportamento observado no norte do estado, onde a arroba está cotada em R$77,00, à vista, livre de funrural, o maior valor dentre as praças mato-grossenses.

Em Erechim-RS, pelo segundo dia consecutivo houve queda no valor da arroba. Os frigoríficos conseguiram comprar melhor nos últimos dias e já ofertam menos pelo boi gordo.

No mercado atacadista houve alta de preços para todas as peças, com exceção do dianteiro avulso e ponta de agulha para charque, cujos preços se mantiveram.

Clique aqui e veja a cotações do boi.

 


 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário