Boi Gordo: Mercado segue com a falta de bois terminados em todo Brasil

Publicado em 19/08/2010 17:14 821 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

Faltam bois terminados em todo o Brasil.

Houve reajuste de preços em 11 praças pecuárias nesta quinta-feira.

Alta no preço de referência do boi gordo em São Paulo. A maioria dos negócios no estado acontecem entre R$86,00/@ e R$87,00/@, à vista, livre de funrural, e R$87,00 e R$88,00/@, a prazo, também livre do imposto.

Além disso, aumentam os negócios acontecendo por R$90,00/@, a prazo, livre de imposto. Isso indica que há espaço para novos reajustes no curto prazo.

No Mato Grosso do Sul, onde normalmente existe grande pressão de compra dos frigoríficos paulistas, principalmente em período de oferta escassa, os preços da arroba do boi gordo e da vaca gorda, nas três praças pecuárias do estado, subiram R$1,00.

Na região, negócios a prazo já são realizados por até R$83,00/@, livre de imposto.

No Sul de Minas Gerais, onde os compradores de São Paulo também atuam, essa demanda, somada à das indústrias locais, elevou o preço da arroba.

O Paraná, que hoje possui a segunda arroba mais cara do Brasil, é um dos mercados com menor concentração de empresas. Para os frigoríficos conseguirem alongar as escalas, foi preciso reajustar os preços.

No mercado atacadista com osso, as cotações se mantiveram estáveis.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

 

 

 

 

 

 

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário