Mercado físico do boi gordo segue firme

Publicado em 11/11/2010 17:01
1330 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria

 

Mercado firme.

Em São Paulo, a referência permanece em R$115,00/@ a prazo, porém, alguns frigoríficos já tentam impor pressão de baixa sobre o preço da arroba, mesmo com a oferta de animais terminados ainda sendo pequena.

Nos preços menores poucos negócios acontecem.

Em Goiás, no sul do estado, região que fornece gado para as indústrias de São Paulo, a arroba está valendo R$108,00/@, à vista, e R$109,00/@, a prazo, ambos livres de funrural. Existem relatos de negócios acontecendo por até R$1,00/@ a mais. É a praça que possui o boi gordo mais caro do Brasil, depois de São Paulo.

A dificuldade nas compras forçou preços maiores em Cuiabá MT, e, no preço a prazo, igualou à cotação do sudeste do estado, as maiores registradas no Mato Grosso.

Em Santa Catarina, Oeste da Bahia e Norte do Tocantins, a necessidade em alongar as escalas também forçou reajustes nos preços.

No mercado atacadista de carne bovina, os preços altos levaram a uma ligeira redução nas vendas e com isso houve queda de R$0,10/kg para todas as peças.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte: Scot Consultoria

Nenhum comentário