Boi Gordo: Mercado praticamente não encontra referência

Publicado em 02/12/2010 15:49 e atualizado em 02/12/2010 17:15 893 exibições

Alex Santos Lopes da Silva
zootecnista
Scot Consultoria


Os frigoríficos pressionam os preços da arroba, mas o mercado praticamente não encontra referência. A oferta não é abundante e muitas empresas se posicionam fora das compras.

Em São Paulo os negócios ocorrem entre R$ 100,00/@ e R$ 103,00/@, à vista, livre de funrural.

Existem ofertas de compra abaixo destes valores, mas o mercado trava.

As escalas de abate no estado atendem, em média, 5 a 6 dias, o que permite aos frigoríficos ofertarem menos, tendo em vista que a venda de carne não evolui.

No Mato Grosso do Sul é onde os frigoríficos paulistas têm encontrado um pouco mais de facilidade para comprar, e isso permitiu a evolução das escalas nos últimos dias.

No Estado, embora o preço referência se mantenha em R$ 95,00/@, à vista, existem relatos de compra por até R$ 1,00/@ a amenos.

Atualmente somente São Paulo e Oeste da Bahia mantêm os preços acima dos R$ 100,00/@.

No mercado atacadista de carne bovina houve queda de preços para todas as peças, exceto traseiro avulso e dianteiro avulso. A dificuldade no escoamento continua grande.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário