Boi Gordo: Animais de confinamento não permitem que a pressão de alta perca força

Publicado em 22/07/2011 17:02 2259 exibições
Hyberville Paulo D´Athayde Neto
médico veterinário
Scot Consultoria

A oferta restrita fez trouxe alterações ao mercado em plena sexta-feira, dia em que a calmaria é típica.

Os animais de confinamento não permitem que a pressão de alta perca força.

Em São Paulo as escalas atendem de 2 a 3 dias, na maioria dos casos. A necessidade por boiadas é grande.

Apesar de o preço referência permanecer em R$98,00/@, à vista, livre de imposto, aumentou o volume de negócios acima deste valor.  

No Mato Grosso do Sul o preço referência subiu para R$93,00/@, à vista, livre de funrural. Existem negócios em valores mais altos. A oferta na região também é escassa.

A oferta curta de boiadas e abates em ritmo lento mantêm o atacado enxuto. Com a ligeira melhora na demanda, os preços subiram.

O boi casado de animais castrados é negociado por R$6,17/kg.

Clique aqui e confira as cotações do boi.

Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário