Café: Bolsa de Nova York encerra semana com alta de 155 pontos

Publicado em 06/09/2013 19:16
756 exibições

Em comemoração aos 50 anos da OIC – Organização Internacional do Café, na próxima semana, entre os dias 9 e 13, em Belo Horizonte, será realizada a Semana Internacional do Café e a Feira Internacional do Café. 

Principal organismo intergovernamental do setor cafeeiro no mundo, a Organização Internacional do Café se reunirá em Minas pela primeira vez. A escolha do local para a comemoração dos 50 anos da OIC reflete a importância de Minas e do Brasil para a cafeicultura mundial. Representantes de mais de 70 países debaterão a produção e os rumos do mercado mundial de café (veja mais informações em nosso site). 

O mercado físico de café permaneceu calmo e desinteressado esta semana. Os preços oferecidos pelos compradores não animam os produtores e os que podem adiam vendas, na esperança que as medidas adotadas pelo Governo Federal sejam implantadas e tragam alguma recuperação às cotações do café. 

Bastante atrasada, a CONAB - Companhia Nacional de Abastecimento divulgou esta semana o 10º Levantamento dos Estoques Privados de Café. O volume total apurado em 31 de março deste ano foi de 13.938.275 de sacas de café. O resultado divulgado é quase 66% superior ao de 2012, quando o estoque na mesma data de referência foi de 8.414.615 de sacas. 

Hoje, finalmente, foi publicada no Diário Oficial da União a portaria Interministerial 842/2013, de 05.09.2013, que define os parâmetros para o lançamento dos Contratos de Opção de Venda público (COV) para o café arábica (veja em nosso site). 

Com a definição e publicação da portaria Interministerial 842/2013, a CONAB divulgou hoje à tarde o primeiro AVISO DE VENDA DE CONTRATO DE OPÇÃO DE VENDA DE CAFÉ ARÁBICA, de Nº 148/2013. (veja em nosso site). Neste primeiro aviso de venda, serão leiloadas opções para um milhão de sacas. 

Cada cafeicultor poderá comprar até cinco contratos, de 100 sacas cada, por CPF ou CNPJ, independentemente do número de Avisos de Venda em que participar, individualmente ou por meio de sua cooperativa. O leilão foi marcado para a próxima sexta-feira, dia 13, às nove horas. Os cafeicultores interessados terão quatro dias úteis para se habilitarem. Apenas cooperativas e cafeicultores com experiência em leilões anteriores conseguirão habilitar-se para o primeiro leilão.

A produção global de café na safra 2012/13 foi revista em ligeira baixa, para cerca de 144,4 milhões de sacas.Mesmo assim, deverá representar um crescimento de 7,6% sobre a temporada anterior 2011/2012, segundo informou hoje a OIC - Organização Internacional do Café em seu relatório mensal de agosto. 

Já no consumo global de café foi estimado um crescimento de 2,1% em 2012, para cerca de 142 milhões desacas, contra 139,1 milhões em 2011. A maior parte desta expansão pode ser atribuída ao forte crescimento do consumo em países exportadores e mercados emergentes, que cresceram 2,5% e 4,7%, respectivamente. O consumo em tradicionais países importadores aumentou apenas 1% na comparação com 2011, diz o relatório da OIC. 

O CECAFÉ – Conselho dos Exportadores de Café do Brasil, informou que no último mês de agosto foram embarcadas 2.558.537 sacas de 60 kg de café, aproximadamente 2% (41.085 sacas) menos que no mesmo mês de 2012 e 16% (361.952 sacas) a mais que no último mês de julho. Foram 2.152.373 sacas de café arábica e 128.057 sacas de café conillon, totalizando 2.320.430 sacas de café verde, que somadas a 236.808 sacas de solúvel e 1.299 sacas de torrado, totalizaram 2.558.537 sacas de café embarcadas. 

Até o dia 5, os embarques de agosto estavam em 97.974 sacas de café arábica, mais 6.420 sacas de café solúvel, contra 142.654 sacas no mesmo dia de agosto. Até o dia 5, os pedidos de emissão de certificados de origem para embarque em setembro totalizavam 420.668 sacas, contra 578.324 sacas no mesmo dia do mês anterior. 

A bolsa de Nova Iorque – ICE, do fechamento do dia 30, sexta-feira, até o fechamento de hoje, sexta-feira, dia 6, subiu nos contratos para entrega em dezembro próximo, 155 pontos ou US$ 2,06 (R$ 4,74) por saca. Em reais por saca, as cotações para entrega em dezembro próximo na ICE fecharam no dia 30 a R$ 366,60/saca e hoje, dia 6 a R$ 358,08/saca. Hoje, sexta-feira, nos contratos para entrega em dezembro, a bolsa de Nova Iorque fechou com alta de 100 pontos. 

No mercado calmo de hoje, são as seguintes cotações nominais por saca, para os cafés verdes, do tipo 6 para melhor, safra 2013/2014, condição porta de armazém: 

R$320/330,00 - CEREJA DESCASCADO – (CD), BEM PREPARADO. 
R$295/305,00 - FINOS A EXTRAFINOS – MOGIANA E MINAS. 
R$285/290,00 - BOA QUALIDADE – DUROS, BEM PREPARADOS. 
R$270/280,00 - DUROS COM XÍCARAS MAIS FRACAS. 
R$255/265,00 - RIADOS. 
R$240/245,00 - RIO. 
R$255/260,00 - P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: DURA. 
R$240/245,00 - P.BATIDA P/O CONSUMO INT.: RIADAS. 
                                                            DÓLAR COMERCIAL DE SEXTA-FEIRA: R$ 2,2970 PARA COMPRA.

 

Fonte: Escritório Carvalhaes

1 comentário

  • miguel moura abdalla piraju - SP

    esta semana inicia se a realidade do estoque de café de qualidade no mercado, com esse enxugamento irá faltar para exportação e lógico, quem manda é a lei de oferta e procura então a resposta aos preços impraticáveis serão totalmente alterados

    0