Feijão: Se a demanda do preto não elevar patamar pode voltar a R$ 145

Publicado em 01/04/2013 16:05
681 exibições
Feijão carioca: Na bolsinha nesta madrugada houve oferta de 16.000 sacas com sobras de 4.000 sacas. As referências foram R$ 260/265 para feijão nota 9. Boa parte do feijão ofertado ou era úmido ou tinha cheiro de secador e o nota 8 foi vendido por até R$ 230. 

Feijão preto: Para o feijão preto o mercado terminou como começou. Ou seja, estável no porto de Paranaguá o preço do feijão chinês manteve-se em R$ 150. Se a demanda não aumentar nos próximos dias com a chegada de um bom volume de chão chinês, os preços podem voltar a R$ 145. No campo, cada dia mais raras as ofertas. Com dias nublados e chuvas no Sul do Paraná as notícias são de antracnose em muitas lavouras. Algumas com perdas elevadas na produtividade.



Clique aqui para ampliar!

Tags:
Fonte: Correpar

Nenhum comentário