Feijão: Referências da variedade carioca nota 8,5 R$ 140 e nota 8 R$ 125,00

Publicado em 20/03/2014 16:00 e atualizado em 09/03/2020 18:40 734 exibições

Feijão carioca: Dois mercados muito distantes um do outro. Feijões 8 abaixo e 8,5 acima. Aproximadamente 70% da população consome o feijão carioca. Esses a cada dia demonstram que mesmo com uma grande diferença de preço escolhem o feijão bem claro colhido recentemente. A segunda marca dos empacotadores “empaca” nas gôndolas. O resultado é que os feijões intermediários têm uma procura a cada dia menor. Em época de chuvas e feijões colhidos em janeiro e fevereiro, estocados e que esperam mercado melhor, os preços vão ficando distantes dos poucos feijões de melhor padrão. Ontem as referências para o nota 7 continuaram em R$ 85/90, o nota 8 a partir de R$ 125/130 em SC, R$ 140/135 em GO, nota 8,5 130/140 no PR, GO, MG. Chove muito no RS e SC e não tem chance nos próximos dias de ocorrer ofertas de feijões superiores. Nessa madrugada na bolsinha houve entrada de aproximadamente 15.000 sacos com sobras de 14.000 as 07h30min. As referências foram para o nota 8,5 R$ 140,00, nota 8 R$ 125,00 e nota 7 R$ 105,00. 

Feijão preto: A cada dia fica mais difícil encontrar vendedores de feijões nos atuais níveis de preço. Por R$ 170/175 todos são compradores no Paraná. Expectativa com respeito ao desempenho do produto plantado para segunda safra que até o momento sabe-se vai muito bem. Chuva e temperatura ideal fazem a alegria dos agricultores no Paraná até agora. Saldos de produto argentino do ano passado que são utilizados como sementes seguem com vendas em Puerto Iguazu em US$ 1050/1100.

Tags:
Fonte:
Correpar

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário