Leite: Preço ao produtor subiu no pagamento de fevereiro

Publicado em 04/03/2013 11:55 967 exibições
O mercado de leite ganhou sustentação com a produção em queda nas principais bacias leiteiras do país. No pagamento de fevereiro, que remunera a produção entregue em janeiro, o cenário foi de estabilidade à alta do preço do leite pago ao produtor.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, considerando a média nacional, o produtor recebeu R$0,841 por litro, alta de 1,4% em relação ao pagamento anterior.

Além da maior concorrência entre os laticínios, a expectativa de retomada da demanda com o fim das férias dá sustentação ao mercado.

Na segunda quinzena de fevereiro, o preço no mercado atacadista de produtos lácteos caiu 0,9%, considerando os produtos pesquisados. A desvalorização foi puxada principalmente pela queda no preço do leite em pó, leite fermento, coalhada e requeijão.

Já o preço do leite longa vida subiu 1,6% na segunda metade do mês em relação à primeira no atacado. 

No varejo, considerando os produtos lácteos pesquisados, houve alta de 0,2% nos preços na segunda quinzena de fevereiro em relação à primeira. 

Para o pagamento de março, 56,0% dos laticínios pesquisados acreditam em estabilidade dos preços aos produtores e 26,0% acreditam em alta.

No mercado spot em São Paulo, os preços subiram 1,5% em fevereiro. O preço médio ficou em R$0,945 por litro. 

Em Minas Gerais e em Goiás houve queda de 1,1% e 0,8%, respectivamente. Os negócios ocorreram, em média, em R$0,894/litro em Minas e R$0,901/litro em Goiás. 
Fonte:
Scot Consultoria

0 comentário