Milho- XP: preços em queda no mercado interno e externo

Publicado em 21/10/2010 23:23
699 exibições
Mercado de milho em queda hoje na BM&F assimilando fraqueza do indicador ontem, mas principalmente a movimentação externa e vendas técnicas. O físico brasileiro permanece registrando baixo fluxo de negócios e preços sem direcionamento nesta primeira metade da semana.

Durante o dia de hoje, mesmo com a fraqueza externa, as referências permaneceram estáveis e, até mesmo, mais altas em algumas regiões. É fato o baixo interesse de venda do produtor, mas também a cautela do comprador neste momento. Sem problemas climáticos no momento, a percepção do consumidor é de que os atuais patamares de preços precificam a realidade interna, mesmo com o elevado fluxo de exportações projetado. Preços no porto hoje oscilando na casa de 24,50, com a queda da CBOT sendo ofuscada pela firmeza do dólar. Estima-se que os embarques em outubro possam superar a marca de 2 mi. tons.

Em Chicago, sessão deplorável para o milho reflexo dos dados de vendas semanais reportados nos EUA. Na semana passada (portanto após relatório USDA), o volume de vendas foi de apenas 212,5 mil tons, muito abaixo das expectativas para um período de safra como a atual. Com os dados, o mercado alimenta a percepção de que os atuais patamares possam estar racionando a demanda, pelo menos no mercado externo. Alta do dólar hoje favoreceu a expectativa. O Ministro da Agricultura dos EUA realizou declaração em prol dos biocombustíveis hoje, mas manteve a dúvida com relação a extensão ou não do subsídio a produção de etanol de milho que vence no final do ano.

No cenário técnico, BM&F novembro, demonstrou fraqueza ho pregão de hoje, voltando abaixo dos 26,00, fechando na região de suporte em 25,80. Suportes abaixo em 25,50, ou novo teste a primeira retração de Fibonacci em 25,10. Voltando acima dos 25,80, resistências em 26,00-26,10.

Confira a análise completa: sojamilho2110.pdf

Tags:
Fonte: XP Agro

Nenhum comentário