Trigo: Colheita evolui pouco no Paraná esta semana,mas comercialização fica acima do esperado

Publicado em 28/10/2010 17:28
646 exibições
Enquanto que a colheita do trigo no Paraná evolui mais lentamente esta semana, avançando apenas 3 pontos percentuais, a comercialização no estado deu um importante salta desde o início da semana passada até esta última segunda-feira. Os dados da Secretaria da Agricultura superaram todas as expectativas, pois as informações coletadas junto aos agentes de mercado apontavam para um mercado pouco ativo e falta de interesse nas negociações. Com 85% da colheita realizada até o momento, o percentual comercializado ainda é pequeno, apenas 21% de uma colheita estimada em 3,23 milhões de toneladas, ou seja, apenas 679 mil toneladas do trigo desta safra 2010/11 já encontraram comprador. Até a segunda-feira da semana passada o total de trigo já negociado com o setor moageiro estava restrito a 17% da colheita, ou seja, tivemos um volume de vendas semanal de 129,36 mil toneladas. A leitura que fazemos deste dado é que realmente o mercado de farinhas voltou a se aquecer neste final de outubro e que os moinhos estão optando por repor seus estoques tão logo o trigo passe pelo processo de beneficiamento e deixe as unidades com destino às indústrias de massas, pães e biscoitos. Em relação ao ano passado a realidade desta safra está muito melhor do que há 12 meses, já que naquela ocasião, além da colheita reduzida a apenas 2,67 milhões de toneladas de um produto altamente comprometido quanto a sua qualidade, a colheita chegava a 78% da área (7 pontos percentuais abaixo do atual) e a comercialização estava restrita a apenas 8% do volume total (213 mil toneladas). Os preços praticados no estado nestes últimos dias também refletem uma procura um pouco maior por parte dos compradores e a disposição dos produtores e cooperativas em negociar nos patamares atuais, isso porque desde a quarta-feira passada os preços estão praticamente estáveis em R$ 25,68/ton para o trigo da safra anterior e preços um pouco mais elevados, de R4 28,50/sc para o trigo recém colhido.
Tags:
Fonte: AF News

Nenhum comentário