O setor produtivo precisa se fortalecer politicamente, por Glauber Silveira

Publicado em 27/08/2012 22:15 e atualizado em 28/08/2012 10:59 1055 exibições
Por Glauber Silveira, produtor rural e presidente da Aprosoja Brasil.
Em todos os fóruns de discussão do setor produtivo escutamos a velha ladainha: o que nos falta é representatividade política. E isto é notório, pois um setor que tem tamanha importância no Brasil ter tão pouca força política, falta de envolvimento e individualismo tem nos custado muito caro, e vai se agravar ainda mais se de uma vez por todas não nos envolvermos politicamente. A nossa falta de representação não é só no Congresso Nacional, começa nas Câmaras de Vereadores, nas prefeituras, nas Assembleias Legislativas e assim por diante.

A falta de articulação política por parte dos produtores, mesmo nos municípios, faz com que venhamos a colher frutos amargos. O produtor acha que apenas produzindo muito bem e se dedicando a sua produção a sociedade tem por obrigação reconhecer sua importância para o desenvolvimento. Ledo engano, se você não se faz representar alguém tomará decisões por você e isto, sem duvida, impacta no seu negócio. Exemplo disso são os frutos que temos colhido: fruto ambiental, trabalhista, tributário, etc.

O presente e o futuro da produção brasileira já poderiam estar diferentes, mas têm nos faltado organização e também conscientização de que as mudanças e as conquistas vêm através da política. Se todo produtor tivesse a mesma eficiência política fora da porteira como tem tido dentro não há dúvidas de que nós estaríamos tendo a representação que merecemos.

Um exemplo do que pode dar certo e que deve ser seguido e fortalecido é o apoio dado à Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) onde as instituições ligadas à produção têm dado apoio aos parlamentares, e isto tem gerado frutos e criado respeitabilidade frente ao governo. Mas poderíamos ter uma FPA muito mais fortalecida se os produtores apoiassem e cobrassem dos parlamentares de seu estado. Tenho ouvido inúmeras reclamações dos parlamentares cobrando apoio da base.

Sempre que nos aproximamos de uma nova eleição a política passa a ser o principal tema de discussão em todas as rodas de bate papo. Interessante é que toda vez que escuto alguém mais cético dizer que não suporta política e que ela não serve para nada recordo-me imediatamente da história que um ex-sócio contou-me a respeito da importância da política em nossa vida, quando em um bate papo na fazenda eu disse a ele que não gostava de política.

Lembro-me perfeitamente do dia que ele passou para mim a lição que recebera de seu pai. Ele levantou sua mão esquerda em minha direção e me explicou a importância dos cinco dedos: que eles representam em nossa vida as cinco metas a serem perseguidas.

O primeiro deles, o mindinho, representa o dinheiro, que todos sabemos seu valor. O segundo é esse que tem a aliança – o anelar - representa a vida em família, os amigos a vida social, pois um homem sem família não tem valor e não é nada se não for respeitado pela sociedade.

O do meio, o dedo médio, representa o patrimônio. Um homem é respeitado pelo tamanho de seu patrimônio, é ele que dá condições de educar os filhos, dar conforto à família. O patrimônio deve ser bem maior e mais importante que o dinheiro, poupando dinheiro acumulará patrimônio que dará segurança a você e a sua família. O indicador, este que usamos para apontar, representa o estudo, o conhecimento a cultura do ser humano, é ele que te aponta o caminho a seguir, vai te ajudar a ganhar dinheiro a acumular patrimônio, a educar seus filhos e ser respeitado pela sociedade.

Por fim o polegar, que é mais grosso e forte, comanda os outros quatro. Ele representa a política em nossa vida, por isso temos que participar da política, é ela que não deixa que sejamos injustiçados, é ela que define nosso futuro e o de nosso país, por isso participe da política e ajude a escolher gente justa e competente.

Estamos em um processo eleitoral importante onde escolhemos os gestores de nossa cidade, portanto nosso voto tem reflexo direto no que queremos para nossa família, para nossos vizinhos, para nossa comunidade, ou seja, nossa responsabilidade é muito grande, não podemos ser omissos, é fundamental nos posicionarmos. São inúmeros candidatos produtores ou não que colocaram seu nome para nos representar, e o mínimo que deveríamos fazer é dar nosso apoio. Pense nisso.

Twitter: @GlauberSilveira 

Tags:
Fonte:
Aprosoja Brasil

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

1 comentário

  • NIVALDO JOSE FORASTIERI ITAMBÉ - PR

    E a CNA??? qual é seu papel?? dinheiro tem e muito, visto que nossa contribuição é compulsória, o que ao meu ver é ilegal.

    0