Aplicação de insumos em taxa variável gera maior rentabilidade ao produtor e reduz o impacto ao meio ambiente, por André Cantarelli

Publicado em 28/06/2022 11:35
André Cantarelli, CEO da Checkplant/Farmbox

As aplicações localizadas em taxa variável de pesticidas, fertilizantes e corretivos de solo são práticas da agricultura de precisão que permitem um manejo mais assertivo e rentável nas propriedades rurais. Isso porque proporcionam o controle de pragas, doenças e adubação na medida e, principalmente, nos locais necessários, sem desperdício de insumos e mão de obra e com menores impactos ao meio ambiente. De acordo com levantamentos de cooperativas agrícolas, essas práticas podem reduzir os custos de produção em torno de 60% em culturas como soja e cana-de-açúcar.

Em tempos de incertezas quanto à oferta de fertilizantes no mundo e o preço dos defensivos em alta, atrelados ao dólar, essa economia de insumos também pode garantir o sucesso das próximas safras brasileiras. 

A redução dos custos de produção, principalmente em tempos de redução da oferta de pesticidas e adubos e da alta dos preços indexados ao dólar, é visível para os produtores. Segundo dados da Cocamar, em uma área de soja em Cambé (PR), a aplicação localizada de herbicidas gerou uma economia de 43%, com uma aplicação em 40% da área total de um talhão. Já de acordo com levantamento da Coopercitrus, com a pulverização localizada de herbicidas e maturadores de cana-de-açúcar, via drones, a redução do uso dos insumos chegou a 70%.

No caso das aplicações para proteção das culturas, a adoção dessas práticas nas fazendas pode ser auxiliada por softwares que permitem: identificar e avaliar as áreas de infestação de pragas e doenças e/ou deficiências de vegetação; projetar as manchas e áreas de maior impacto; tomar a decisão considerando o cenário completo do talhão e da fazenda e, por fim, caso seja necessário o controle, definir produto, dose, zonas e taxas de aplicações localizadas dos defensivos.

O Farmbox sempre atuou como uma plataforma que ajuda os produtores a entender os mais diversos aspectos que apoiam a tomada de decisão das aplicações e, agora, somamos estas características à possibilidade de utilizar imagens de satélites, mapas de infestações ou outros mapas para aumentar a precisão da decisão e da recomendação de aplicação. Assim, cruzando mapas e dados relevantes, ao mesmo temo que o arquivo da aplicação localizada é gerado para as máquinas, o produtor poderá calcular o custo e a necessidade real do insumo de acordo com seu estoque e seus preços, sabendo, exatamente a economia gerada em comparação com uma aplicação de área total. E tudo isso com um impacto baixíssimo no trabalho da sua equipe, pois o fluxo operacional se mantém o mesmo, inclusive se o Farmbox estiver integrado ao seu ERP de preferência.

Por:
André Cantarelli

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário