Um terço da safra gaúcha está perdida, alerta Farsul

Publicado em 20/01/2012 07:05 790 exibições
O presidente do Sistema Farsul, Carlos Sperotto, divulgou, nessa quinta-feira (19), os primeiros dados parciais coletados pelos 137 Sindicatos Rurais gaúchos sobre as perdas na agropecuária em consequência da seca. Pelo levantamento, um terço da safra estimada inicialmente em 25,78 milhões de toneladas já foi perdido. A estimativa hoje é de 16,905 mihões de toneladas. Em porcentuais, a quebra no arroz é de 11%; no fumo de 22%; no milho de 54% e na soja de 36%. Deixará de ser gerado, devido ao impacto da seca no Valor Bruto da Produção (VBP) dos três setores da economia a soma de R$ 19,379 bilhões. No PIB do Estado, deixaremos de crescer 5,22% ou R$ 14,288 bilhões. No nível de emprego dos três setores da economia, 950 mil postos estão em risco devido aos efeitos da seca. Na arrecadação de ICMS a queda é de 6,14% em relação à de 2011 e em valores de R$ 1,1 bilhão.  Segundo o economista do Sistema Farsul, Antônio da Luz, o PIB do RS poderá ser negativo em 2012 devido aos efeitos da seca. “O efeito 2005 está voltando”, advertiu Antônio da Luz.  Propostas A Farsul está solicitando ao governo e ao sistema financeiro liberação do produto para capitalização dos produtores que tiverem perda superior a 40% na safra. “Com o dinheiro da venda destes grãos que sobrarem da seca, o produtor faz caixa para manter a atividade e os empregos”, ressalta Carlos Sperotto. Outro pedido é prorrogação no pagamento dos financiamentos de custeio para 5 anos com a primeira parcela paga em 2013. Nos financiamentos de investimento, a sugestão é jogar a parcela deste ano para o final do prazo, prorrogando em um ano o pagamento. Sperotto alerta que se estas medidas não forem adotadas “haverá desemprego em massa no RS, porque os empregados fixos serão dispensados e chamados somente na safra”.  Núcleo de Acompanhamento da Seca A Farsulcriou nesta quinta-feira o Núcleo de Acompanhmanto da Seca. Será feita adequação semanal dos dados com base nos números enviados pelos Sindicatos Rurais.O presidente Carlos Sperotto também sugeriu a criação de um Núcleo do Setor para unificar os dados de perdas na safra.
Tags:
Fonte:
Farsul

0 comentário