Preços da soja, milho e trigo devem continuar em alta

Publicado em 26/08/2013 16:11 e atualizado em 26/08/2013 17:49
718 exibições

Há apenas duas semanas, os analistas de commodities agrícolas estavam celebrando: “Vamos ter um ano excepcionalmente bom, talvez um dos melhores nos últimos quatro ou cinco anos, em termos de produtividade”. Na ocasião, os preços para milho, soja e trigo estavam caindo em meio ao ‘alívio’ global da crescente inflação nos preços dos alimentos...

Agora, de acordo com a SocGen, os preços deverão se manter ou ficar acima dos níveis atuais, devido à ameaça que o tempo seco e quente traz para as safras do meio-oeste. Além disso, uma mudança na política chinesa (devido a preocupações com corrupção interna) está trazendo um impacto positivo nos preços. Com certeza, os preços do milho, do trigo (impactado pelas geadas no Brasil, que cortaram as previsões de safra em 26%) e da soja estão exageradamente mais altos hoje, devido a constatação de que as safras estão realmente em más condições no meio-oeste  americano. O milho registra seus maiores ganhos desde julho de 2012, a soja teve seu maior rally desde 2010, atingindo o limite de preço e o trigo alcançou a maior alta desde junho de 2012. As informações são do Zero Hedge.

Clima 
De acordo com o site Agriculture.com, diversos estados americanos estão registrando as mais altas temperaturas das últimas décadas. No domingo, as temperaturas ao longo do dia alcançaram os 33º no oeste do cinturão de milho e os 26º no leste do cinturão. A cidade de Minneapolis, no estado de Minnesota, registrou a máxima de 36ºC. O clima seco e quente deverá registrar temperaturas recordes no início desta semana ao longo da área central e oeste do cinturão de milho. As altas ficarão por volta de 33º, com possibilidade de atingir 38º, amanhã, no leste de Nebraska e Iowa.     

Segundo as previsões, uma fraca frente fria pode se deslocar do sul para o norte do cinturão de milho na quarta e na quinta-feira, ajudando à refrescar um pouco as temperaturas, e trazendo algumas chuvas isoladas ao norte, no meio da semana. No entanto, o calor irá retornar para a região oeste e central do cinturão e continuar durante o final de semana. 

Com informações dos sites Zero Hedge e Agriculture.com 

Tags:
Por: Notícias Agrícolas / Fernanda Bellei
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário