Um mês após emergência, MT continua sem plano contra lagarta

Publicado em 02/01/2014 07:32 e atualizado em 02/01/2014 08:09 373 exibições

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) ainda prepara a portaria que vai indicar quais municípios de Mato Grosso estão inclusos na área de emergência fitossanitária para a Helicoverpa armigera. O estado emergencial foi declarado há um mês, mas sem a delimitação definida. Decorridos também mais de 30 dias, a unidade federada também não finalizou a elaboração do plano de contigência contra a praga.

O documento que definirá os mecanismos a serem praticados objetivando reduzir a população da lagarta é elaborado pelo Instituto de Defesa Agropecuária (Indea), que não estima prazos para conclui-lo. O órgão diz aguardar a publicação pelo Governo Federal da lista dos municípios que poderão adotar as medidas para o controle da lagarta. Entre elas, a importação de agrotóxicos com o princípio ativo benzoato de emamectina.

Confira a notícia na íntregra no site do G1 MT

Tags:
Fonte:
G1 MT

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário