Governador de MT, deputado e políticos são alvos de operação da PF

Publicado em 20/05/2014 09:27 e atualizado em 20/05/2014 10:23 501 exibições
Mandados foram cumpridos nas casas de Silval, José Riva e Sérgio Ricardo. Ação faz parte da Operação Ararath que apura lavagem de dinheiro.

G1- MT

O governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), o deputado estadual José Riva (PSD), o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sérgio Ricardo Almeida, e outros políticos do estado são alvos da quinta fase da Operação Ararath, deflagrada nesta terça-feira (20) pela Polícia Federal para dar sequência à investigação de um suposto esquema de crimes financeiros e lavagem de dinheiro por meio de 'factorings' de fachada.

Ao G1 a Secretaria de Comunicação do Estado confirmou que um mandado de busca e apreensão na residência do governador. Porém, informou que uma nota de esclarecimento deverá ser divulgada sobre o assunto.

Detalhes da operação não foram divulgados, pois, segundo a PF, há uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que impede a divulgação de dados referentes ao cumprimento dos mandados.

Leia a reportagem na íntegra no site G1-MT

 

Polícia Federal faz buscas na casa e gabinete do governador de Mato Grosso

Plantão News

Com mandados expedidos pelo STF - Superior Tribunal Federal - a Polícia Federal realizou hoje pela manhã a quinta parte da Operação Ararath com buscas no apartamento e no gabinete do governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, como parte da Operação Ararath de onde levaram documentos.

...

Dados da Polícia Federal apontam para desvio de pelo menos R$ 500 milhões que incluem factoring, comércio de combustíveis e agiotagem. 

Leia reportagem na íntegra no sitePlantão News

Pelo menos 30 policiais federais chegavam a sede da PF com malotes e pastas apreendidas

Polícia Federal prende deputado Riva e ex-secretário Eder Moraes

Isso é Notícia/MT

O deputado estadual José Geraldo Riva (PSD) e o ex-secretário de Estado de Fazenda, Eder Moraes, foram presos pela Polícia Federal.

Ainda não há informações oficiais, mas, outras prisões também ocorreram envolvendo autoridades públicas.  As prisões, segundo o Isso É Notícia apurou, fazem parte da quinta fase da Operação Ararath.

 Até agora, pelo apurado, todos os que tiveram prisões decretadas estão sendo encaminhados à Brasília para  colher depoimentos.

Atualizada às 6h42 - Informações extraoficiais da Polícia Federal acabam de confirmar que também houve uma série de buscas e apreensões decretadas. Entre elas, na casa e no gabinete do governador Silval Barbosa (PMDB) e do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Sérgio Ricardo.

Na FOLHA: PF prende deputado e faz buscas em apartamento de governador do MT

POR BRUNO BOGHOSSIAN
20/05/14  09:32

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (20) a quinta fase da Operação Ararath, que investiga um esquema de lavagem de dinheiro por meio de empresas negociadoras de crédito em Mato Grosso.

Foram presos o deputado estadual José Geraldo Riva (PSD) e o ex-secretário da Casa Civil, Eder Moraes. Agentes chegaram a fazer buscas no gabinete do governador, Silval Barbosa (PMDB), segundo agentes.

Fontes ligadas à operação afirmam que outras autoridades, do Congresso e do Judiciário, são investigadas nesta fase da operação.

Na fase anterior, deflagrada em fevereiro, policiais apreenderam R$ 126 milhões em notas promissórias e cheques. Na ocasião, a PF esteve na casa do ex-secretário Eder Moraes, que negou acusações de lavagem de dinheiro.

Os suspeitos usavam serviços de “factoring” para fazer empréstimos a pessoas físicas e jurídicas, mas não tinham autorização do Banco Central para operar. O dinheiro era movimentado nas contas dessas “factorings” e de empresas dos integrantes do esquema. Em seis anos, foram movimentados mais de R$ 500 milhões, conforme a polícia.

Riva e Moraes foram levados à sede da Polícia Federal em Mato Grosso e deverão ser encaminhados para Brasília.

Eder Moraes e Riva

Tags:
Fonte:
IssoÉNotícia/ MT+ G1 + PN + FSP

0 comentário