Centro-Oeste utiliza apenas 8% do crédito disponibilizado pelo BNDES

Publicado em 29/08/2014 14:26 452 exibições
Em reunião na Aprosoja-MT, técnicos do banco destacaram atratividade de linhas de financiamento

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pretende criar um canal de relacionamento com os produtores de Mato Grosso para auxiliar na liberação de crédito junto às instituições financeiras credenciadas. O orçamento do BNDES para o agronegócio nacional em 2014 é de R$ 20 bilhões, porém o percentual utilizado pelos agricultores do estado é inferior a 8%.

Atualmente, a maior parte dos recursos que financiam atividades do produtor mato-grossense é proveniente do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO). Isso acontece porque a maiorias dos projetistas, profissionais que elaboram os projetos de financiamento, desconhecem as inúmeras linhas de crédito oferecidas pelo BNDES. Dessa forma, as propostas solicitam acesso aos recursos do FCO que, por sua vez, fica sobrecarregado e não consegue atender a demanda.

O assunto foi tratado durante reunião realizada na tarde desta quinta, 28, na sede da Aprosoja-MT em Cuiabá. De acordo com o gerente da Comissão de Política Agrícola da Aprosoja-MT, Adolfo Petry, os produtores têm à disposição uma excelente linha de crédito que ainda é desconhecida. “O Centro-Oeste utiliza apenas 8% destes recursos, contra 75% da região Sul. Queremos que os produtores conheçam e passem a usar estas linhas, que possuem juros baixos e bons prazos”, salientou.

De acordo com o chefe de departamento de suporte aos programas agropecuários do BNDES, Carlos Alberto Vianna, em muitos casos falta compreensão sobre o que preveem os programas de financiamento. “Estamos aqui para clarificar que algumas linhas e programas do BNDES podem competir com o FCO”, afirmou.

Durante a reunião, o gerente de departamento de suporte aos programas agropecuários do BNDES, Tiago Peroba, apresentou a ferramenta da empresa pública federal, “Mais BNDES”, que serve como guia de orientação e apresentação de todos os produtos oferecidos. “Por meio deste serviço, o usuário responde algumas perguntas que o direcionam para a linha de crédito que mais lhe é adequada” ressaltou.  Clique aqui e faça uma simulação.

Para continuar discutindo o trabalho, o BNDES e a Aprosoja-MT já agendaram novas reuniões de trabalho. A intenção é que os produtores conheçam mais profundamente as modalidades de crédito antes de optarem pelo financiamento.

Tags:
Fonte:
Aprosoja MT

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário