Pesquisas: "Datanunes aponta Aécio 6 pontos acima de Dilma..."

Publicado em 10/10/2014 05:58 1278 exibições
no blog de Augusto Nunes:, seção "Direto ao Ponto": EXCLUSIVO: O primeiro boletim do DataNunes informa: Aécio já está 6 pontos percentuais acima de Dilma

Nas pesquisas divulgadas nesta quinta-feira, tanto o Ibope quanto o Datafolha atribuíram 46% das intenções de voto a Aécio Neves e 44% a Dilma Rousseff. Considerados apenas os votos válidos, os índices sobem para 51% e 49%. Quer dizer que Aécio tem uma vantagem de 2 pontos percentuais? Não necessariamente. Como a margem de erro, para cima ou para baixo, é também de 2 pontos, pode ser que Dilma esteja à frente de Aécio. Tudo somado, os dois institutos informam que a situação é de “empate técnico”.

Naufragaram de novo, constatou há poucos minutos o DataNunes. Criado para antecipar-se à desmoralização imposta pelas urnas aos profetas sem rumo, o DataNunes não faz pesquisas; faz constatações. Para calcular a posição de cada candidato e a diferença que os separa, baseia-se na direção e força dos ventos e na temperatura política, aferidas pelos critérios do bom senso e do apreço à verdade. A margem de erro é inferior a zero e o índice de confiabilidade passa de 100%. Sempre que o Ibope e o Datafolha concluírem alguma pesquisa, o DataNunes divulgará um novo boletim.

O primeiro ficou pronto há meia hora. Aécio está com 53% dos votos válidos e Dilma com 47%. O candidato tucano tem uma vantagem de 6 pontos percentuais. E continua subindo.

DILMA FOGE DE CONFRONTOS: Dos 4 debates programados para o 2º turno, equipe de comunicação da presidente cria caso com dois — os do SBT/Folha/UOL e o da Record

Dilma e Aécio frente a frente no debate da Globo: agora, a presidente está refugando participação em alguns debates programados (Foto: Reprodução TV Globo)

Dilma e Aécio frente a frente no debate da Globo: agora, a presidente está refugando participação em alguns debates programados (Foto: Reprodução TV Globo)

Entusiasmado pelos resultados do primeiro turno da eleição presidencial, o candidato do PSDB, Aécio Neves, instruiu sua equipe de comunicação para que aceitassem o maior número possível de debates, sejam ou não em rede nacional de TV.

Todavia, nas negociações com a equipe de comunicação de Dilma sobre regras e formatos de debates já programados por emissoras, o pessoal de Aécio está encontrando dificuldades, jamais admitidas explicitamente, quanto à participação da presidente em dois deles: no do SBT, em parceria com o portal UOL e com o jornal Folha de S. Paulo, programado em princípio para quinta-feira, 16, e o da Record, que seria no domingo, 19.

Dilma comparecerá sem dúvida ao primeiro dos debates, na terça-feira, 14, na Band, e ao último de todos, o da Globo, na sexta-feira anterior à eleição, o dia 24 próximo.

Em nenhum momento a equipe de comunicação e marketing da presidente informa ou dá a entender que ela está reticente em enfrentar Aécio no SBT e na Record, nas reuniões já realizadas em São Paulo. O que vem ocorrendo são restrições a uma série de detalhes que, na prática, impediram a batida de martelo nesses dois eventos.

Ora o pessoal de Dilma acha que em determinado debate haverá perguntas demais dos jornalistas, ora há restrições a perguntas vindas de pessoas comuns (pré-gravadas ou em outro formato) — e por aí vai.

O que parece é que a presidente, que claudica em declarações públicas, se atrapalha com palavras, necessita consultar papelada antes de respostas, réplicas ou tréplicas em debates, está remanchando — e evitando se expor mais do que um mínimo nos confrontos diretos com seu oponente.

(por Ricardo Setti)

 

A hora do pavor

No ferro

Falando o que sabe

De um dos criminalistas que atuam no caso da Lava Jato, defendendo empreiteiras e políticos, sobre o vazamento ontem e hoje dos primeiros depoimentos de Paulo Roberto Costa:

- Isso só começou, vai piorar muito.

Piorar para quem?

Por Lauro Jardim

 

Alto escalão na delação

ricardo pessoa

Pessôa: mencionado por Costa

Além de Marcos Farias e Rogério Araújo, dupla de executivos da Odebrecht (leia mais aqui), um time do alto escalão das maiores empreiteiras do Brasil tem motivos de sobra para perder o sono com a delação premiada de Paulo Roberto Costa.

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras entregou ao juiz federal Sérgio Moro vários nomes, que já foram revelados. Eis os cargos que ocupam:

*Gerson Almada, um dos donos da Engevix;

*Ricardo Pessôa, dono da UTC Engenharia;

* Léo Pinheiro,  presidente da OAS.

Também foram mencionados por Costa Paulo Dalmazzo, presidente de óleo e gás da Andrade Gutierrez em 2010, Eduardo Leite, vice-presidente comercial da Camargo Corrêa, Erton Medeiros Fonseca, presidente de engenharia industrial da Galvão Engenharia há quatro anos, além de Ildefonso Colares Filho, diretor da Queiroz Galvão em 2010, e Júlio Camargo, executivo da Toyo Setal.

Por Lauro Jardim

Tags:
Fonte:
blog Augusto Nunes (veja.com)

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

1 comentário

  • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

    Sr. João Olivi, minha mania de “revirar as coisas”, não tem nada a ver com o anarquismo, pois “reviro as coisas” que estão fora de ordem (na minha visão de matuto).

    Estamos sendo bombardeados com noticias escabrosas, referentes a Operação “Lava-Jato”, desencadeada pela “justa” Policia Federal e conduzida pelo Juiz Federal SÉRGIO MORO (expresso por signos gráficos “CAIXA ALTA”, devido a sua importância para o Brasil).

    Enquanto, infelizmente, o General Enzo Peri, comandante da Força Terrestre, não promova a cassação da Medalha do Pacificador concedida ao réu condenado no julgamento do “mensalão”, o petista José Genuíno. Embora estejamos cansados de tantas injustiças no nosso cotidiano, este é um desvio causado pelo temor dos “olhos vermelhos” da atual presidenta. O termo “olhos vermelhos” quer dizer a atitudes desvairadas que a presidenta tomou durante a sua vida. Exemplo: “luta armada”.

    O juiz SÉRGIO MORO (CAIXA ALTA) é um brasileiro que tem todos os méritos para receber a Medalha do Pacificador, pois com o seu “justo” trabalho contribui para a diminuição das desigualdades, tanto sociais como de cidadania; a maioria dos brasileiros têm um sentimento de que a justiça está sendo feita, melhorando sua autoestima.

    VAMOS CONDECORAR OS “VERDADEIROS BRASILEIROS”!

    ....”E VAMOS EM FRENTE” ! ! !....

    0