Cresce número de indústrias e portos comprometidos pela greve

Publicado em 02/03/2015 07:50
106 exibições

O número de indústrias do agronegócio afetadas pela greve dos caminhoneiros aumentou mesmo com o desbloqueio parcial das rodovias. Simultaneamente, os portos confirmam enfrentar problemas gerados pelo atraso na chegada dos carregamentos, acumulando serviços que podem provocar tumulto quando as manifestações forem encerradas.

A redução nos abates de suínos e aves é de “mais de 50%”, conforme o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Francisco Turra. A entidade estima que há 60 unidades industriais paradas ou operando parcialmente, a maior parte na Região Sul, incluindo unidades de gigantes do setor como BRF e JBS.

O problema provoca escassez imediata no mercado interno e questionamentos de clientes externos, relata Turra. Maior exportador global de frango, o Brasil teme enfrentar restrições sanitárias. Há milhões de aves há dois dias sem alimento e muitos lotes morrendo de fome, confirma o setor.

Leia a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo.

Tags:
Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário