9 de Setembro: Dia do Veterinário - O médico veterinário e a garantia de Saúde Única

Publicado em 09/09/2015 14:51

O Brasil continua em alta no mercado mundial de proteína animal.  Segundo o Ministério da Agricultura, até 2020, a expectativa é que a produção nacional de carnes suprirá mais de 44% do mercado mundial. A excelência das granjas brasileiras coloca o país como terceiro maior produtor de carne de frango e o quarto maior produtor de carne suína do mundo.

Da porteira para dentro, grande parte do sucesso da produção é garantida graças ao trabalho dos médicos veterinários que atuam na sanidade do rebanho,  produtividade e sustentabilidade ambiental. Atuando em frigoríficos, matadouros e laticínios, por exemplo, o médico veterinário também tem papel fundamental na inocuidade e qualidade dos produtos de origem animal consumidos pela população.

A interdependência entre as saúdes humana, animal e ambiental é chamada de Saúde Única. A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) estima que 60% das doenças infecciosas humanas têm sua origem em animais, domésticos ou selvagens.

A mastite, inflamação da glândula mamária das vacas, é responsável por grandes perdas econômicas na cadeia produtiva do leite. Além de reduzir a produção, gera gastos com medicamento, descarte do leite e até morte do animal. A doença representa também um risco potencial à saúde humana caso o leite contaminado seja ingerido pela população.

A preocupação ambiental também faz parte do trabalho dos médicos veterinários na produção. Programas de reflorestamento, reciclagem e destinação de resíduos, preservação de recursos hídricos e descarte correto de embalagens significam preocupação com a Saúde Única.

O médico veterinário na Saúde Única

Uma iniciativa de Saúde Única visa promover a cooperação e colaboração entre médicos veterinários e demais profissionais de saúde e meio ambiente para promover a saúde e o bem-estar de todas as espécies animais e vegetais.

A Medicina Veterinária mostra a importância do seu trabalho para a Saúde Única por meio dos serviços prestados à sociedade, no cuidado com a saúde e bem-estar de animais, preservação da saúde pública e em atividades voltadas para garantir a sustentabilidade ambiental do planeta.

O profissional médico veterinário tem conhecimentos que o capacitam a planejar e executar medidas de prevenção e controle de enfermidades, ajudando a manter os níveis de saúde da população elevados.

Além disso, sua formação básica em ciências biomédicas, com conhecimentos nas áreas de epidemiologia e saneamento ambiental, o torna apto a desenvolver atividades que antes eram comuns apenas a outros profissionais das equipes de saúde coletiva. A participação dos médicos veterinários nas ações e programas de saúde é recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) defende um esforço de educação, pesquisa e comunicação entre as diferentes áreas envolvidas na Saúde Única com o objetivo de formar profissionais capazes de atuar na saúde pública e de informar as pessoas sobre a importância de se preocupar com a Saúde Única.

Dia do Médico Veterinário

O Dia do Médico Veterinário é comemorado no Brasil em 9 de setembro. O país tem atualmente mais de 142 mil médicos veterinários registrados. Deste total mais de 105 mil estão em atuação.

Os médicos veterinários são diretamente responsáveis pela saúde da população, dos animais e do meio ambiente. São eles que inspecionam e avaliam todos os alimentos de origem animal que chegam à mesa do consumidor, cuidam da saúde e bem-estar dos animais domésticos e selvagens, atuam na manutenção e melhoria da qualidade da saúde pública e ainda desenvolvem estudos e pesquisas científicas em busca de novos produtos, vacinas, tratamentos e erradicação de doenças.

Saiba mais em: www.saudeunica.cfmv.gov.br

Tags:
Fonte:
CFMV

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário