FAEMG recorre a Temer contra fomento à importação de leite

Publicado em 29/07/2016 16:13
183 exibições

O presidente do Sistema FAEMG, Roberto Simões, participou ontem (28/7), em Brasília, de reunião da diretoria da CNA com o presidente da República em exercício. Aproveitando as comemorações do Dia do Produtor Rural, a comitiva entregou a Michel Temer um documento com 10 propostas para fortalecer a agropecuária do país. Entre as medidas, estão sugestões para melhorar a infraestrutura e o acesso ao crédito ao produtor. 

Além do documento conjunto, Roberto Simões apresentou também outro ofício, em que pede suspensão da Instrução Normativa IN 26/16, do Ministério da Agricultura (MAPA), que autoriza, por um ano, indústrias de laticínio da região da Sudene a importarem leite em pó para reconstituição e produção de leite longa vida e pasteurizado: “Essa medida trará impactos muito negativos ao setor produtivo nacional, que se recupera de forte crise causada por dois anos de seca e enfrenta ainda custos muito altos de milho e soja (principais componentes da ração), e não terá assim como competir com a importação. Isso resultará numa forte estagnação e retrocesso em uma importante cadeia produtiva, desenvolvida em sua maioria por pequenos produtores”, criticou o presidente da FAEMG.

A entidade mineira já havia divulgado, em seu site, posicionamento contra a normativa, em que os presidentes das comissões nacional e estadual de pecuária de leite, Rodrigo Alvim e Eduardo Pena explicam possíveis danos.

Tags:
Fonte: Faemg

Nenhum comentário