Polícia Ambiental lacra 90 bombas de irrigação em rio do Norte do ES

Publicado em 13/10/2016 07:53
92 exibições

A Polícia Ambiental lacrou 90 bombas de irrigação no Rio São José, na região Norte do Espírito Santo. O rio percorre 8 municípios do estado e está seco. A situação é resultado da forte estiagem, mas também da irrigação irregular praticada ao longo de suas margens.

Os trabalhos começaram há três semanas, depois que a Cesan alertou sobre a falta de água para garantir o abastecimento da cidade de São Gabriel da Palha, o que levou a população a protestar nas ruas por falta de água.

As primeiras bombas a serem lacradas pelos militares – 68 – foram no trecho entre os municípios de Águia Branca e São Gabriel da Palha. Sem contar, como relata o sargento Paulo Sérgio, as que foram retiradas do leito do rio pelos próprios produtores, sabendo que a região estava sendo fiscalizada.

Nos dias seguintes eles continuaram a percorrer o rio no trecho até Vila Valério, e mais bombas foram lacradas, totalizando cerca de 90. E esta é a terceira vez que fazem a fiscalização no rio.

O trabalho de monitoramento continua, sempre com o apoio de mandados judiciais, para fazer outros lacramentos de bombas.

Segundo Celeste Stoco, presidente do Comitê da Bacia de Pontões e Lagoas do Rio Doce, a qual pertence o São José, desde outubro do ano passado o rio já dava sinais de que estava secando.

“A situação foi se agravando e agora temos vários trechos de interrupção por falta de água. As bombas de irrigação secaram o rio por completo”, relata.

Leia a notícia na íntegra no site G1 - ES.

Fonte G1 - ES

Nenhum comentário