Nova Diretoria é eleita na Esalq

Publicado em 06/12/2018 18:01
75 exibições

A partir de janeiro de 2019, a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP) terá novos Diretor e Vice-Diretor. A partir de eleição ocorrida na manhã desta quinta-feira, 6 de dezembro, foram eleitos os professores Durval Dourado Neto (Diretor) e João Roberto Spotti Lopes (Vice-Diretor).

O pleito foi realizado online e, dos 156 participantes habilitados a votar, 116 se manifestaram. A chapa vencedora recebeu 105 votos. O processo ainda registrou 8 votos nulos e 3 brancos.

Dourado Neto sente-se bastante satisfeito com o resultado e diz que agora é o momento de se preparar para os próximos quatro anos de gestão. Durante sua campanha, o professor disse que realizou apresentações em todos os departamentos para falar das prioridades da nova gestão. Destacou que seu plano de gestão está em consonância com a missão, os valores e a visão da instituição. “Teremos, basicamente, duas prioridades: uma é do ponto de vista de criação e manutenção de infraestrutura, e a outra diz respeito à valorização profissional, principalmente com enfoque na recuperação dos docentes que foram perdidos pelas últimas aposentadorias”.

Dourado Neto já assumiu alguns cargos na Esalq que lhe deram uma visão administrativa. “Já fui coordenador da pós-graduação em Fitotecnia por oito anos, chefe do Departamento de Produção Vegetal por mais oito anos e, nos últimos quatro anos fui vice-diretor, mas é obvio que é uma honra se tornar diretor da Esalq. Acho que a maioria dos professores tem essa pretensão, mas é importante que alguém que assuma esse cargo não assuma por vaidade, mas sim por uma representação dos valores do grupo que naquele momento acredita que seja importante essa pessoa estar representando”.

O diretor eleito afirmou que a consolidação da liderança da Esalq tanto em nível nacional quanto internacionalmente continuará em andamento. “Um outro pilar de nossa gestão será a consolidação da aliança com as cinco melhores universidades na área de Ciências Agrárias. A ideia é se tornar líder na área de agricultura, pecuária e meio ambiente e, assim, por exemplo, desenvolver ações no intuito de criar o Centro de Inovação em Tecnologia Brasil-China e com isso consolidar não só a liderança internacional, mas também a nacional”.

O futuro Vice-Diretor se manifestou durante a reunião do Conselho Técnico Administrativo (CTA). “Sou egresso desta Casa e me sinto honrado em poder a partir de agora dar essa importante contribuição. A sensação é muito boa, agradeço o apoio dos colegas, funcionários e estudantes que se manifestaram ainda quando percorremos os departamentos para apresentar nosso programa de gestão. Assim espero retribuir essas manifestações com muito trabalho e poder atender os anseios da nossa comunidade”.

Os nomes dos eleitos são agora enviados para a reitoria da USP para homologação. A posse da nova diretoria está prevista para ocorrer no próximo dia 17 de janeiro de 2019.

Durval Dourado Neto é graduado (Engenheiro Agrônomo) em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (1984). Mestre em Agronomia (Irrigação e Drenagem) [Esalq] pela Universidade de São Paulo (1989). Doutor em Agronomia (Solos e Nutrição de Plantas) [Esalq] pela Universidade de São Paulo (1992). Pós-Doutor em física do solo e modelagem em agricultura junto à Universidade da Califórnia (1993-1995) (Fapesp). Livre-Docente (1999) em Fitotecnia junto ao Departamento de Produção Vegetal [Esalq] da Universidade de São Paulo. Atualmente é Pesquisador Científico do CNPq (1A), Professor Colaborador da Fundação Getulio Vargas. Foi Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia (3 mandatos), Chefe do Departamento de Produção Vegetal (4 mandatos), Professor Titular (2006) do Departamento de Produção Vegetal. É o atual Vice-Diretor da Esalq (Quadriênio 2015-2018). Tem experiência nacional e internacional na área de Agronomia, com ênfase em Modelagem em Agricultura.

João Roberto Spotti Lopes possui graduação em Engenharia Agronômica pela Esalq (1985), mestrado em Entomologia pela Universidade de São Paulo (1988), doutorado em Entomologia pela Ohio State University (1993) e pós-doutorado na University of California-Berkeley (2007). Atualmente é professor titular da Esalq. Tem experiência em pesquisa e docência na área de Entomologia Agrícola, com ênfase na transmissão de fitopatógenos por insetos. É o atual presidente da Comissão de Relações Institucionais na Esalq/USP.

Tags:
Fonte: Esalq/USP

Nenhum comentário