1º Encontro Técnico de Agricultura Sustentável de Campinas

Publicado em 08/04/2019 13:55
575 exibições

​A adoção de medidas para reduzir o impacto da atividade agrícola é uma realidade cada vez mais procurada pelo agricultor convencional, que busca acompanhar mudanças nos hábitos de consumo do mundo todo. A agricultura sustentável tem se mostrado benéfica não só para o planeta, mas também para o bolso do agricultor, reduzindo os custos e elevando a produtividade.

É o que afirma o Dr. Eder de Souza Martins, que além de ser pesquisador da Embrapa, é doutor em geologia e especialista em Agrogeologia: “É muito comum o agricultor pensar que só existe adubo químico e continuar dependente dos insumos, mas existem formas de manejo a partir de recursos locais e regionais. Atualmente, produtores de várias escalas, do pequeno ao grande, estão utilizando agrominerais regionais (silicáticos e fosfáticos), também chamados de pós de rochas, e micro-organismos, diminuindo consideravelmente os custos de produção. Esses agricultores que iniciaram esse manejo já perceberam redução de custos de 30% em relação ao manejo convencional”.

Produzir mais, diminuindo custos com insumos é um conceito usado principalmente no centro-oeste do Brasil em grandes regiões produtoras, revelando uma nova maneira de fazer agricultura e reduzindo radicalmente a dependência das multinacionais. O estado de São Paulo, de acordo com dados atualizados do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), foi classificado em 2018, como o segundo estado brasileiro com maior Valor Bruto de Produção (VPB) em agropecuária, totalizando R$ 71,8 bilhões. Um dado que reafirma a importância da ampliação da discussão sobre a agricultura.

Para apresentar todos esses temas e propostas, Campinas recebe o primeiro encontro de Agricultura Sustentável, trazendo nomes internacionais e de relevância, como da africana Tânia Tomé, Embaixadora Global e o suíço Pascal Langenegger. O evento acontece no dia 13 de abril, das 9h às 17h, no Teatro IMA Campinas (Rua Padre João Garcia, 101 - Ponte Preta).

Os interessados deverão se inscrever no site do GAS - Grupo Agricultura Sustentável SP (agrisustentavel.com.br/sp), até o dia 10 de Abril, e, no ato da inscrição deverão escolher uma das opções de cesta básica. O evento é 100% filantrópico, com as verbas totalmente revertidas para instituições cadastradas na prefeitura de Campinas.

Quem são os palestrantes

Tânia Tomé - Ecokaya CEO e Embaixadora Global

Pascal Langenegger - Sócio da empresa Nature Action, além de fazer parte de um comitê suíço que estuda o fim dos pesticidas na agricultura

Luiz Carlos Demattê Filho - Diretor Superintendente da Kórin Agricultura e Meio Ambiente Ltda.

Dr. Éder Martins - Pesquisador da Embrapa Cerrados

Antônio Lodo - Agrônomo, consultor em agricultura sustentável

Miriam Büchler Tarumoto - Doutoranda em Energia na Agricultura - FCA Unesp Botucatu

António Alexandre Bizão – Engenheiro Agrônomo, formado pela universidade federal de Viçosa e 20 anos de pesquisa em rochagem

Bernardo Knapik - Professor aposentado da Unespar, com especialização em Biologia na FURB em Blumenau

Edson Martins - Produtor de adubo local a partir do pó de rocha em cama de gado

Eduardo Martins - Produtor de cachaça orgânica do norte de Minas

Ana Carla Kato Alves Rodrigues - Estudante de Agronomia da UEL

Rogério Vian - Agrônomo, produtor rural e coordenador do GAS

Ilmo. Gustavo Diniz Junqueira - Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Edwin Montenegro -Produtor rural e empresário

Prof. Dr. Alcides Lopes Leão - Professor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Bioenergia

Prof. Dr. Ivana Cesarino - Professora Assistente Doutora na Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP

 

Tags:
Por: Juliana Fronckowiak Geitens

Nenhum comentário