Startup promove os 1ºs contratos digitais de negócios com soja e milho

Publicado em 03/05/2019 13:21
389 exibições

O contrato digital, como o próprio nome sugere, trata-se de qualquer documento no formato eletrônico, sendo a assinatura digital e/ou eletrônica, substituta da assinatura de próprio punho e tendo a mesma validade jurídica.

A comodidade, segurança, rapidez e redução de custos provenientes desta nova forma de validar um contrato, chamou a atenção da Grão Direto, startup brasileira que vem digitalizando a cadeia de commodities agrícolas através da tecnologia, ao conectar produtores, corretores e compradores de grãos.

Enxergando o alinhamento de propósito entre os contratos digitais e seu objetivo de promover uma maior facilidade e inteligência para os negócios do campo, a Grão Direto passou a oferecer este serviço, inovador no mercado de comercialização de commodities agrícolas.

Isto se mostra ainda mais importante considerando que neste mercado as cotações dos produtos mudam a todo momento e a demora de vários dias ou até semanas para assinar um contrato pode gerar grande insegurança comercial. Inicialmente esta nova funcionalidade foi oferecida a alguns usuários da plataforma de modo a testar e validar os processos.

Moacir Martins, gerente comercial da ADM do Brasil -- uma das maiores tradings de commodities agrícolas do mundo -- foi um dos clientes que participaram desta etapa e ressalta a simplificação e praticidade de formalizar contratos: “Consigo agora muito mais velocidade no processo, mais segurança e redução de custos. A ADM firmou esta parceria com a Grão Direto por conta, justamente, da proposta de aproximar tecnologia e campo, e eles vem entregando e colaborando muito conosco.”

Moacir ainda destacou sua projeção para os contratos digitais no agro: “Com certeza é um instrumento que vem para ficar. Todo produtor agora tem internet, seja na fazenda, escritório ou celular. A agilidade que os contratos digitais trazem, fará com que a maioria dos produtores e empresas passem a adotá-los em seu dia-a-dia”.

Já pelo panorama do produtor, aqueles que estão abertos à tecnologia, e são cada vez mais numerosos na agricultura, também tiveram muito mais facilidade na hora da comercialização, como foi o caso de Jônadan Min Ma, produtor rural e diretor do Grupo Ma Shou Tao.

 “Eu tinha que fechar um negócio, fazer um contrato, imprimir 2 vias, reconhecer firma dos dois documentos na minha cidade, esperar o malote vir recolher para depois mandar para os Correios. Dependendo da cidade, eu teria este contrato assinado pela outra parte nas minhas mãos só daqui uns 7 dias e, durante esse processo, eu ainda não tinha a certeza deste negócio, porque ficava preso às assinaturas deste contrato.” explica Jônadan.

Agora, com os contratos digitais, o produtor comemora como a execução melhorou imensamente: “Registrando digitalmente eu tenho mais rapidez, facilidade e segurança. Neste último contrato foram 28 minutos para ambas as partes assinarem; assinei digitalmente e a ADM eletronicamente. Eu nem tenho este contrato impresso e ainda assim ele estava disponível na nuvem para todo meu escritório desde a parte de gestão até o faturamento.”

A partir de agora (abril de 2019) a funcionalidade estará disponível para todos os usuários da Grão Direto, assim como também para produtores rurais e empresas que ainda não são clientes.

O objetivo é democratizar o acesso à tecnologia e beneficiar todos os envolvidos no mercado de compra e venda no agro. A Grão Direto tem parceria com um entidade certificadora e juntos garantem infraestrutura de tecnologia de última geração para viabilizar a assinatura dos contratos digitais.

A Grão Direto nasceu em 2016 e foi a primeira startup brasileira a receber investimento direto da Monsanto Growth Ventures, agora B ayer, e também conta com investimentos do fundo Canary e dos fundadores da OpenVC. A plataforma, que já conta com mais de 4.000 produtores rurais cadastrados e centenas de empresas compradoras e corretores, tem a flexibilidade necessária para apoiar todos os perfis da cadeia de grãos: cooperativas, tradings, revendas, fábricas de ração, armazenadores, corretoras, entre outros. A Grão Direto auxilia compradores e vendedores a tomarem as melhores decisões e a fazerem negócios de modo mais ágil, eficiente e seguro.

Tags:
Fonte: Grão Direto

2 comentários

  • Francielle Nunes

    Que legal! Vai facilitar muito =D

    4
  • José Carlos Mazetto Uberaba - MG

    Bom demais, já fiz o meu primeiro contrato, muito fácil de usar e rápido.

    2